5 MITOS SOBRE O CAFÉ

5 MITOS SOBRE O CAFÉ

COMPARTILHE
A A A

A cafeína foi a primeira substância química identificada no café, em 1820, na Alemanha, por Ferdinand Runge. E nenhuma outra substância foi mais estudada desde então, em toda a história da medicina.
Pesquisas recentes mostram que as afirmações de que o consumo de cafeína, ainda que em quantidade moderada é prejudicial à saúde humana, são total e completamente infundadas.
O café não é formado apenas por cafeína. Contudo apesar de ser uma bebida inofensiva e segura, deve ser consumido com cautela e moderação. A dose diária recomendada é de 150- 300 mg de cafeína por dia seriam os limites máximos seguros para um adulto sadio. Naturalmente esta quantia de ser distribuída ao longo do dia, em intervalos mínimos de 2 horas.
Muitos são os mitos associados ao consumo do café como:
 Gestantes não podem tomar café
 Café prejudica o raciocínio;
 O café aumenta a fome;
 O café aumenta as dores de cabeça;
 O café diminui o metabolismo
Assim como qualquer outra substância em excesso pode fazer mal a saúde, também a cafeína tem suas contra-indicações. Pesquisas recentes indicam que doses diárias superiores a 650 mg ou mais podem causar riscos a saúde. Entretanto, o número de casos de intoxicação por cafeína existente na história humana é insignificante.

comentários facebook