Amarelinha Hambúrguer é uma das empresas de restauração que mais cresce no país, segundo a Forbes.

0

Por: Hélio Cristóvão

“O segredo é cuidar do nosso jardim para que borboletas como a Forbes, PLATINALINE e outras empresas venham ter connosco e reconheçam o nosso trabalho.”

De uma parceria amorosa entre dois jovens apaixonados e sonhadores, com a mesma ambição de vida, surge a ideia de envidarem esforços para a construção de um sonho comum, empreender no ramo da restauração, o que os obrigou a abrir mão de um trabalho fixo, nas suas áreas de formação em Engenharia Informática, sem, no entanto, a certeza de êxitos na nova empreitada, pois, foi com uma simples roulote que tudo começou.

Wilson Alvarenga e Joana Yolanda Gomes da Silva, casados há quatro anos, são os proprietários da empresa de restauração “Amarelinha Hamburguers”, desde 2011, data da sua fundação, especializada na confecção de hambúrgueres, bifanas, pregos, fahitas, cachorros… com serviço de entrega gratuito no centro da cidade e alguns arredores.

Segundo a revista Forbes Angola, na sua última edição, a empresa conta actualmente com cerca de 85 colaboradores e tem vindo a crescer ano após ano. Em 2019, a empresa facturou mais de 126 milhões de Kwanzas, mas, espera aí! Nem sempre os números foram assim tão altos! Em 2016, “Amarelinha Hamburguer” facturou apenas 56,7 milhões, valor que foi aumentando gradualmente. Já em 2017, subiu de 56 para 81,3 milhões e em 2018, mais um salto para os 94,2 milhões de Kwanzas anual.

“É sempre bom saber que estamos a despertar as atenções de pessoas, empresas e revistas, significa que estamos a fazer um bom trabalho, como consequência dos nove anos de actividade, mas isso não nos envaidece nem muda a nossa forma de ser na sociedade”, disse o proprietário ao PLATINALINE.