Amazon. Ações batem recorde e CEO torna-se segundo mais rico do mundo

comentar
2
COMPARTILHE
A A A

O presidente e CEO da Amazon, Jeff Bezos, é o novo segundo homem mais rico do mundo, ultrapassando Amancio Ortega e Warren Buffet no índice de bilionários da Bloomberg.

Bezos viu a sua fortuna crescer 1,5 mil milhões ontem, depois de as ações da empresa tecnológica terem batido um novo máximo histórico, no seguimento do anúncio em que revelou pretender comprar uma retalhista online sediada no Dubai, a Souq.com.

O património líquido do fundador da Amazon está avaliado em 75,6 mil milhões de dólares, de acordo com o índice da Bloomberg, 700 milhões acima do de Buffet e 1,3 mil milhões acima do de Ortega, o fundador da Inditex.

Jeff Bezos aumentou a sua fortuna em 10,2 mil milhões de dólares neste ano, em grande parte devido ao rally Trump, iniciado após a eleição do presidente norte-americano em novembro.

Buffett, que adicionou 1,7 mil milhões de dólares à sua fortuna em 2017, perdeu 4,7 mil milhões de dólares desde que a sua fortuna atingiu os 79,6 mil milhões, a 1 de março. Ortega aumentou 2,1 mil milhões de dólares até à data.

Bezos permanece ainda assim 10,4 mil milhões de dólares atrás de Bill Gates, co-fundador da Microsoft, a pessoa mais rica do mundo com um património avaliado em 86 mil milhões de dólares.

Fonte: Jornal Economico

DEIXE UMA RESPOSTA