Angola Mãe Querida

COMPARTILHE
A A A

Descubra como ajudar Gregório Semedo a editar e publicar o livro “Angola mãe querida” em Angola, Cabo Verde e Portugal. Nesta obra viajamos pelo quotidiano angolano após guerra civil. Gregório Semedo lança projeto na plataforma de financiamento coletivo Zarpante para captar fundos necessários.5 de setembro de 2012, Paris.

Gregório Semedo, escritor e artista plástico, nasceu no sul de Angola, reside em Lisboa desde 1981 e precisa captar 5.500 EUR para editar e publicar 500 exemplares do livro “Angola mãe querida” para venda em Angola, Cabo Verde e Portugal.

O livro conta a história do jovem emigrante angolano “Zito”, que passa pelo processo de adoção denova pátria contrastando com a busca e resgate de suas verdadeiras origens em Angola. Toca de leve nos fenómenos de dispersão do povo angolano: o tráfico negreiro e a guerra civil.O projeto busca captar fundos no site Zarpante até 29 de janeiro de 2013. Para realizá-lo, são necessários: 3.000 EUR para editar, publicar e divulgar o livro em Portugal; 1.250 EUR para divulgá-lo em Angola; 750 EUR para divulgá-lo em Cabo Verde. Tanto pessoas físicas quanto jurídicas podem contribuir. As contribuições podem ser sob forma financeira ou sob forma de permuta.

Recompensas estão previstas em troca: exemplares oferecidos, inclusão de logo na lista de patrocinadores, palestras sobre o impacto económico da imigração, exposição dos quadros a óleo que fazem parte da ilustração do livro…Financiamento coletivo (crowdfunding) é uma forma inovadora e alternativa de financiar projetos por meio de contribuições de múltiplas fontes agregadas. Conceito já bem conhecido em outros países (Estados Unidos, França…) que Zarpante oferece aos lusófonos.

Financiar coletivamente um projeto, encontrar meios para contornar a crise, mantendo produção artística e cultural diversificada e legitimada pela participação pública.

O público passa a ser ator do cenário cultural, ao ter direito de escolher os projetos que deseja ver acontecer. Trata-se de mecenato democratizado. Estabelece contacto de artistas independentes e menos conhecidos com o público, cansado de ver, ler e ouvir sempre as mesmas coisas. Para fazer acontecer o projeto “Angola Mãe Querida”, acesse, por favor, o link seguinte: http://zarpante.com/investment/produ-1070.Zarpante (http://zarpante.com) é uma plataforma de financiamento coletivo, criação colaborativa eco-produção para projetos relativos à arte, à cultura e ao património lusófonos.

comentários facebook