Angola pode oferecer bons incentivos fiscais e aduaneiros

Angola pode oferecer bons incentivos fiscais e aduaneiros

COMPARTILHE
A A A
A República de Angola poderá oferecer bons incentivos fiscais e aduaneiros aos potenciais investidores do sector privado, no âmbito da cooperação comercial com a China, considerou o director da Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP), Norberto Garcia.
 
 O responsável falava hoje, segunda-feira, à imprensa, a margem do Fórum de Investimento Angola – China, que decorre no Centro de Convenções de Talatona. Segundo afirmou, os incentivos fiscais e aduaneiros visam, por outro lado, proteger mais os empresários angolanos e gerar mais empregos.
14937310_10157620835835401_3948064645471470455_n.jpg
 
Sublinhou que o Fórum de Investimento Angola – China vai permitir elevar os investimentos, no quadro da reciprocidade de vantagens. “Além do mercado nacional temos também o mercado regional da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) com mais de 30 milhões de consumidores”, acrescentou.

comentários facebook