Angolana Neusa e Silva torna-se correspondente do Euronews, em Angola

Angolana Neusa e Silva torna-se correspondente do Euronews, em Angola

COMPARTILHE
A A A

Por: Stella Cortêz

“Esse com certeza é o realizar de um sonho para qualquer jornalista”, descreveu a criadora e directora editorial do programa “Radar Económico”, da TPA, Neusa e Silva, quando falava em entrevista ao PLATINA LINE, sobre o seu novo desafio como correspondente do Euronews, em Angola.

Com sete anos de estrada no mundo da comunicação social, a jornalista que não consegue esconder a felicidade, começou por dizer que o processo está a ser bastante enriquecedor, pois, um dos objectivos da instituição consiste em capacitar os seus funcionários, dando-lhes a autonomia de poderem realizar os trabalhos onde mais se adequam.

“Este é o realizar de um sonho a nível profissional, nunca pensei que fosse conseguir, aliás, sempre almejei trabalhar para um órgão estrangeiro e crescer. Sempre me imaginei em Portugal a trabalhar para um órgão português ou talvez no Brasil”, disse Neusa, e acrescentou que o entusiasmo deve-se, sobretudo, pelo facto dela ser uma pioneira com tão pouco tempo de experiência em jornalismo. “Graças a Deus, eu costumo dizer que foi muito mais fácil entrar para o Euronews, do que alguma fez consegui entrar para um órgão nacional, seja estatal ou privado. Estou muito feliz, espero dar o melhor de mim”, contou Neusa e Silva.

Importa referir que Neusa e Silva é licenciada em Ciências da Comunicação, pela Universidade Independente de Angola, autora de um blog económico e é vice-presidente do Conselho Técnico da Federação Angolana de Golf.

comentários facebook