Banco Económico dinamiza recolha de sangue

Banco Económico dinamiza recolha de sangue

NO MÊS EM QUE SE COMEMORA O DIA MUNDIAL DO DOADOR

COMPARTILHE
A A A

O Banco Económico realiza, desde há quatro anos, acções de recolha de sangue nas suas instalações, em parceria com o INS. O mês de Junho é o escolhido para a primeira de quatro acções previstas para este ano, em estreito alinhamento com a comemoração do Dia Mundial do Doador de Sangue, que se comemora em todo o mundo no dia 14 de Junho.

Com vista ao aumento dos bancos de sangue disponíveis em Angola e à redução da taxa de mortalidade provocada pela escassez de sangue nos diferentes hospitais do país, o Banco Económico realizou hoje, na sua sede em Luanda, mais uma acção de recolha de sangue, em parceria com o Instituto Nacional de Sangue de Angola (INS), e custeada pelo Fundo de Solidariedade.
Esta acção, que se intitula “Gota a gota dê vida a quem precisa” contou com a participação de colaboradores, clientes e outros voluntários, que acreditam na solidariedade como um valor fundamental para dar continuidade à vida de quem mais precisa.
Para além de representantes da Administração do Banco Económico, esteve igualmente presente Eunice Manico, Directora Geral Adjunta para a Área Técnica do Instituto Nacional de Sangue de Angola, instituição que desde 2016 acompanha o banco nesta acção de responsabilidade social.
Para esta responsável, a persistência e o empenho do Banco Económico tem sido um factor deveras importante e motivador, inclusive para a sociedade civil e para outras entidades. “Sabermos que o Banco Económico mantém no seu plano de acções uma actividade como esta é um motivo de orgulho para nós, INS. Porque todas as ajudas são bem-vindas e todos somos poucos para ajudar a salvar vidas. Esta acção, que tem sido consistente e continuada, e atingiu até ao momento excelentes resultados, porque a quantidade de sangue recolhido é até ao momento relevante. A adesão a esta causa por parte do universo do banco é, certamente, admirável e nós congratulamo-nos com ela e manifestamos o nosso interesse na sua continuidade e no reforço da mesma”, sublinha Eunice Manico.
Katyana Mil-Homens, Directora Coordenadora de Responsabilidade Social do Banco Económico, afirma, por sua vez, que o banco se sente fortemente motivado para auxiliar o próximo e para contribuir para a preservação do valor da vida humana em Angola. “A responsabilidade social é um dos nossos pilares de actuação e, como tal, estamos atentos às necessidades da comunidade em que nos inserimos, criando programas e projectos que visam ajudar a resolver os problemas que vamos mapeando. É importante que nós, os angolanos, sejamos consciencializados para temáticas como esta – da doação activa e regular de sangue. Por isso, para além de contribuirmos com a entrega do que recolhemos, queremos também contribuir para chamar à atenção da população em geral para a importância e necessidade de doar sangue anualmente e de com isso sermos parte activa da melhoria das condições de vida no nosso país”, explica Katyana Mil-Homens.
Recorde-se que esta iniciativa do Banco Económico teve início em 2016, pelo que já vai na sua quarta edição, contando com 11 campanhas realizadas nas províncias de Luanda, Malanje, Zaire, Benguela, Lunda Sul, Bié e Huambo.
Estas acções de recolha resultaram na colheita e entrega de 1176 balões de sangue e contribuíram para salvar 4704 vidas. Quer a recolha quer a entrega são feitas em estreita articulação com o INS, parceiro da iniciativa desde a primeira edição.
Este ano serão ainda realizadas mais três acções semelhantes pelo Banco Económico, nas províncias de Benguela, Uíge e Namibe, nos meses de Agosto, Setembro e Outubro, respectivamente.

Sobre o Banco Económico
O Banco Económico é uma entidade bancária sólida, competitiva, inovadora e bem preparada para enfrentar os desafios da economia angolana. O Banco conta hoje com uma rede de 62 balcões e postos e 11 centros de empresas, numa estratégia de crescimento focada no cliente e na satisfação das suas necessidades com uma oferta universal de produtos e serviços financeiros de excelência. Para tal, desenvolveu áreas de negócio especializadas, que permitem apresentar serviços e produtos totalmente adaptados a cada tipologia de cliente, privado ou empresarial. O Banco opera também nas áreas de Gestão de Fundos e Banca de Investimento.
Com a criação das suas diferentes áreas de negócio, o Banco Económico assegura uma total proximidade com os seus clientes, a oferta de produtos bancários diferenciados e inovadores, o apoio de equipas especializadas, bem como instrumentos financeiros para estimular e acompanhar uma maior diversificação da economia e promover o desenvolvimento sustentável de Angola.

IMG-0108 IMG-0104

comentários facebook