Banda de Rock “Sentido Proibido” estreia-se este ano no concurso Angola Music Awards

comentar
7
COMPARTILHE
A A A

Por: Nelma Inglês
Revisão: Canga Tomás

A banda de rock “Sentido Proibido” estreia-se este ano no concurso Angola Music Awards nas categorias “Melhor Rock” e “Artista Internet” pelo Sapo.

Para os membros do grupo, estar entre os nomeados nos AMA já os faz sentir vencedores, quem explica é o vocalista da banda, Nilzo Baptista. “Só pelo facto de estarmos na lista dos finalistas na categoria de Melhor Rock do Ano, já nos sentimos vencedores, pois a conquista da inserção de uma categoria de Rock num top tão conceituado como o Angola Music Awards é um sonho tornado realidade para nós os amantes deste estilo”, disse.

Com influência de géneros como post grunge, alternative Rock e apresentando, por sua vez, uma sonoridade mais comercial, o quinteto toca em Angola desde a sua formação e tem como público-alvo os jovens, tocam em restaurantes e bares, o que dificilmente acontece em Angola, segundo a banda.

Os artistas já participaram do festival Internacional ORLEI-O Rock Lalimwe Eteke Ifa, em duas edições, realizado no Huambo. A banda lançou o seu primeiro trabalho de estúdio, o single intitulado “Lágrimas”, gravado no estúdio Letras e Sons.

De acordo com o vocalista, um dos momentos mais altos da sua carreira foi serem seleccionados para o festival Internacional de Rock no Rio Catumbela, RNRC 2016 em Benguela, onde estiveram mais de 10 mil pessoas a vibrar ao som do Rock feito pela banda “Sentido Proibido”.

Formada em 2013, em Luanda, a banda Sentido Proibido é composta por cinco elementos, os irmãos Nilzo Baptista (vocalista) e Edmilson Baptista (guitarra ritmo), Hernani Silva (guitarra solo), Flávio de Almeida “Igor” (baixo) e Faustino Sebastião “Fau Splash (bateria).

DEIXE UMA RESPOSTA