Burity da Silva coloca à venda Universidade Independente de Angola

0

Por: Hélio Cristóvão

Após termos tornado pública a informação de que dava conta do encerramento da Rádio UNIA, na passada quarta-feira, 4 de Agosto, por incapacidade financeira para continuar a pagar os colaboradores, face à suspensão das aulas, sendo esta a única fonte de receita da referida instituição académica, eis que, em comunicado de imprensa, o proprietário único da Universidade Independente de Angola, António Burity da Silva, anuncia tristemente a decisão de colocar o património à venda, afirmando não se tratar de FALÊNCIA, mas pelo facto de os trabalhadores da UNIA serem dispensados das suas actividades, uma vez que o ano lectivo foi interrompido por motivos já conhecidos.

“Como proprietário único da Universidade Independente de Angola, decido o futuro do meu projecto de vida e decidi colocar à venda este património, pois com a idade que tenho, não me sinto em condições de viver os sobressaltos actuais que os empresários angolanos têm sido obrigados a viver diariamente.” Escreveu, em nota.

Contrariando as especulações que observou nas redes sociais, sobre o facto da venda estar associada a um processo aberto pela PGR para o confisco da referida Universidade, pelo Estado angolano, António da Silva diz: “Nunca fui contactado por nenhum órgão de justiça angolano, sobre este ou outro assunto de fórum judicial.”