Cláudia Morais terminou 2019 a trabalhar em Mumbai

Cláudia Morais terminou 2019 a trabalhar em Mumbai

COMPARTILHE
A A A

A modelo luso-cabo-verdiana Cláudia Morais, natural de Santo Antão, terminou 2019 a fazer sucesso pelo mundo da moda indiana. Durante três meses (outubro, novembro e dezembro), a modelo estreou-se no mercado para as seguintes marcas: Amazon, Vivo, Fastrack, Myntra, Lemon & Pepper e Pooja Sampat.

No ano de 2018, estreou-se nas passerelles e, foi na semana da moda de Nova Iorque, que iniciou o seu percurso internacional ao desfilar para Pyer Moss, Christopher Lowan e Maki Oh. Após a sua presença incontornável na moda nova-iorquina, a luso-cabo-verdiana, voou para Milão, lugar onde fez os aclamados desfiles de Stella Jean, Daisy Shely e Act nº 1. Terminou a temporada de Outono/Inverno 2019-2020 no Portugal Fashion, foi escolhida para fechar o desfile de Pé de Chumbo e desfilou para Inês Torcato, Meam e Concreto.

Cláudia é agenciada pela Da Banda Model Management, uma agência de modelos fundada em Luanda, focada no agenciamento e gestão de carreira de modelos. A agência tem escritórios em Luanda (Angola) e Lisboa (Portugal).

Publicidade Vivo – https://www.youtube.com/watch?time_continue=5&v=NToWIsXuoAE&feature=emb_logo

comentários facebook