Clube Náutico da Ilha de Luanda celebra 93º aniversário com torneio de canoagem e vela

comentar
5
COMPARTILHE
A A A

O Clube Náutico da Ilha de Luanda (CNIL) realizou no último final de semana um torneio de canoagem alusivo ao seu 93º aniversário, a ser celebrado no próximo dia 28 de Fevereiro. Realizado nos dias 18 e 19, o torneio contou com a participação de mais de 30 atletas, com destaque às participações do 1º de Agosto, do CNIL e do Clube Naval de Luanda.

Na classificação geral, com vitória na maior parte das provas, saiu em primeiro lugar o Clube Naval de Luanda, tendo ficado em segundo o CNIL e em terceiro o 1º de Agosto.
Para celebrar a data, entre outras actividades, está prevista a realização de cinco regatas nas categorias Optimist, Laser, 420 e 470 nos dias 25 e 26 do mês em curso, onde irão participar um total de cem velejadores de várias classes e clubes.

“A celebração dos 93 anos de existência é um marco importante para o nosso clube. Ao longo destes anos enfrentamos muitos desafios e celebramos muitas conquistas e tudo isso foi possível com o apoio dos nossos parceiros, como é o caso da Angola Cables que patrocina o clube e alguns dos seus atletas” disse Mateus Afonso do CNIL.

O CNIL já foi campeão nos torneios mais importantes a nível nacional e tem participado de muitas provas Internacionais  com a integração dos melhores atletas nas selecções em representação de Angola.

Em 2011 o alteta do CNIL, Josemar Andrade, obteve uma Medalha de Ouro nos Jogos Africanos de Maputo. Dois anos mais tarde, em 2013, o mesmo atlteta foi distinguido como melhor atleta africano na Canoagem, título atribuído anualmente pela Confederação Africana de Canoagem.

No mesmo ano, a equipa de vela do CNIL participou do torneio internacional de Vila de Moura (Portugal) com uma caravana de 9 atletas nas classes de Laser Standard e 420. No ano seguinte, em 2014, o CNIL particpou pela primeira vez no mundial de vela na classe 420, na República da Alemanha, com os atletas José dos Santos e Custódio Paulo.
Em 2015 dois atletas júniores da modalidade de canoagem, em representação de Angola no Campeonato Africano de Júnior, na Túnisia, consquitaram nove medalhas, das quais duas de ouro.

“Temos um compromisso com a promoção da vela porque vemos nessa modalidade desportiva uma relação directa com o nosso negócio, de atravessar o oceano para conectar continentes via cabos submarinos de fibra óptica. Acreditamos que com o apoio dado ao Clube Náutico da Ilha de Luanda criamos a oportunidade para o surgimento e crescimento de uma nova geração de atltetas que vão continuar a levar o nome de Angola aos lugares cimeiros da modalidade” revela António Nunes, CEO da Angola Cables, empresa patrocinadora do CNIL.

DEIXE UMA RESPOSTA