Condomínio Planalto do Kino lança primeira pedra para construção de edifícios

0

Por: Stella Cortêz

Fotos: Edueni António

Há dois anos a investir no mercado imobiliário em Angola, sendo esta de carácter privado, Brightnesskinu – Comércio & Prestação de Serviços, empresa responsável pelo projecto habitacional “Planalto do Kinu”, que conta com moradias dos tipos T3, T4 e T5 com forma de pagamento em renda resolúvel, efectuou o lançamento da pedra de conclusão do mesmo na passada terça-feira, 22 de Setembro.

Ao PLATINALINE, o empresário Rosário António Pedro Kivota, CEO da instituição acima mencionada, falou sobre a urbanização, cuja fase de construção dos edifícios já está em implementação.

“Esta é uma urbanização que começou com cinco hectares e actualmente alberga cerca de 33 hectares com moradias quase todas ocupadas. Na actividade que realizamos, foi efectuado o lançamento da primeira pedra dos edifícios de dois andares, com 64 apartamentos dos tipos T3 e T4, e igualmente fizemos o lançamento da pedra para a construção do posto policial, bem como da conclusão da urbanização”, disse.

O empresário destacou, ainda, que inicialmente o projecto estava previsto para um condomínio de 165 moradias, porém, devido à adesão do público, teve de ser alterado para a urbanização, contudo, Rosário realça que, apesar da crise financeira e do surgimento do novo coronavírus, a procura pela casa própria tem aumentado todos os dias.

“Infelizmente, tivemos de parar as vendas por algum tempo, porque o número é inferior que a demanda, no entanto, sempre abrimos uma área, fazemos sempre questão de vender algum imóvel. Mas, neste momento, ainda estamos focados em finalizar a construção de algumas casas que estão em processo”, frisou.

À propósito do pagamento para as moradias dos futuros edifícios, Rosário Kivota sublinhou que as rendas serão de igual modo resolúveis, pagas num período de 12 anos.