Conheça as figuras públicas que são os reis da publicidade em Angola

Conheça as figuras públicas que são os reis da publicidade em Angola

COMPARTILHE
A A A

Por: Iraneth da Cruz

Várias são as figuras públicas escolhidas como rosto de uma marca ou produtos para que a mesma chegue ao consumidor e com objectivos de alcançar mais vendas.Segundo Flávio Tartuce, a publicidade tem fins comerciais e lucrativos, além de identificarem sempre o seu patrocinador.

O mesmo autor explica que o capitalismo gera na população o desejo ardente pelo consumo. Tal consumo, muitas vezes desnecessário, ganha alimento quando possui um marketing relevante e, sem sombra de dúvida, o uso de figuras públicas para o fazer traz brilho e desejo de uso do produto divulgado.

A utilização de figuras públicas em anúncios é uma prática mundial. Para alguns países, Europa Essencialmente, já foi visto como moda. Mas América foi pioneira nesta prática. E, como não estamos fora daquilo que é a tendência mundial, frito das marcas que cá temos, também utilizamos este recurso.

Carolina Barros, fundadora e directora-geral da agência de comunicação On time, diz que utilizar a imagem de uma figura pública numa campanha publicitária ou como cara de uma instituição pode, algumas vezes, constituir um risco. É como dar um tiro no escuro. Nunca se sabe o que vai acontecer mais para frente. Há critérios que têm de se ter em conta, como reputação, passado e o tipo de público real que determinada figura é capaz de influenciar. Mas as surpresas não estão descuradas.

As marcas também podem ser construídas sem a associação de qualquer figura pública. Algumas vezes, elas, as figuras públicas, são convidadas para ajudar no processo de crescimento, para chegar onde a marca ou produto sozinho não consegue chegar, e associar marcas a figuras públicas servem para agregar valor à marca ou serviços, impulsionar as vendas e aproximar a marca ao seu público-alvo. E, algumas vezes, uma causa com que as próprias figuras públicas se identificam. Na On time, por exemplo, chovem pedidos diários para caras conhecidas como Yola Semedo, Pérola, Ary e Anselmo Ralph.

Sobre o benefício que dá ao produto, os especialistas dizem que a figura pública ajuda a criar e a manter a atenção do consumidor na publicidade. Ele melhora a transmissão da mensagem, porque atravessa o “ruído” do processo de comunicação. A figura pública traz consigo um significado que confere clareza à mensagem e ao produto publicitado e, supostamente, economiza o tempo na hora de passar a mensagem para o consumidor.

Em Angola, Anselmo Ralph é a celebridade mais solicitada pelas marcas impulsionadas pela sua popularidade e pelos valores de personalidades que este cantor transmite da sua vida: é casado, pai de dois filhos, demonstra amor constantemente à sua esposa em privado e publicamente, as suas entrevistas demonstram um alto grau de humildade, tudo isso faz as marcas se associarem, já que, na sua maioria, transmitem esses valores.

Actualmente, Anselmo Ralph dá cara à Medicare, uma rede de seguros de saúde de sucesso em Portugal que chega a Angola tendo o cantor como principal rosto. É, desde o início da sua carreira, rosto da Coca-Cola em Angola, Banco Económico, electrónicos personalizados da marca Bling (que inclui auriculares, Powerbank, telefones e computadores), da Unitel, a empresa de mobiliários Antarte, e muitas outras marcas que o músico esta por trás. Anselmo Ralph consegue fazer mais ou menos mais de 3 milhões dólares anuais só em contratos com marcas.

PhotoGrid_1530792180170

Matias Damásio é a outra celebridade muito querida entre as marcas. De ano em ano, o cantor tem contratos milionários que o poderiam fazer deixar de cantar por alguns anos. O cantor tem acordos vantajosos com a Inovia, Millenium-Atlântico, ao lado de Yola Semedo; Cuca, que este ano financiou a sua tour por Angola, Agua Pura e uma relação privilegiada com a empresa de telefonia Unitel, o que lhe permite, todos os anos, escrever músicas para festas de fim-de-ano da referida empresa, e projectos musicais financiados pela empresa. E, desde o surgimento do Candando, o cantor também tem dado rosto à marca.

PhotoGrid_1530792519345

Desde que participou no concurso Elite Model Angola, em 2010, a modelo Maria Borges continua a destacar-se no mundo da moda. A jovem angolana tem no seu CV só marcas multinacionais, com destaques para L’Oréal Paris, H&M, Carolina Herrera, marca de beleza Maybelline” e TommyHilfiger e Forever.

PhotoGrid_1530792880313

A cantora Pérola deu o rosto às marcas Oasis e Banco Bai. Ary é um dos rostos principais da marca Blue, sendo que surpreendeu os seus fãs com a nova marca “Blue Ary”, com sabor a Goiaba Ginseng, e também emprestou o seu rosto para a publicidade da operadora Zap. Adi Cudz, JD, Carlos Morais e C4 Pedro deram rostos à Cerveja Sagres, marca de cerveja portuguesa que nasceu em 1940. Como cerveja de prestígio, juntou-se aos artistas angolanos para expandir mais a marca em Angola. Ainda falando de Carlos Morais, também deu rosto à marca Oasis sports, ao passo que Sharam Diniz deu rosto também à algumas campanhas como Sagres, Unitel, Chanel e também da Martini.

PhotoGrid_1530795011590PhotoGrid_1530794939872PhotoGrid_1530794446960PhotoGrid_1530794375324PhotoGrid_1530795607556PhotoGrid_1530795029071Screenshot_20180705-125525_Instagram

comentários facebook