Covid-19: Luanda continua sob cerca sanitária

0

A província de Luanda, que alberga mais de sete milhões de habitantes, vai continuar sob cerca sanitária até 10 de Julho, para conter os índices de contaminação do novo coronavírus.

Conforme um Decreto Executivo conjunto dos ministérios da Saúde e do Interior, datado de 26 de Junho, a medida já vigora desde as 0h00 desta sexta-feira (26 de Junho).

Em causa, segundo as autoridades, está o facto de a província de Luanda encontra-se ainda numa situação epidemiológica preocupante, com um total de 208 casos positivos de Covid-19 registados até quinta-feira última.

O Decreto Executivo conjunto refere que a situação é susceptivel de causar transmissão comunitária activa, com o risco de rápida propagação, podendo ser origem a novas cadeias de transmissão em zonas vizinhas.

Indica que, para o efeito, continua interdita a entrada e saída de cidadãos de e para Luanda, excepto meios de transportes com ajuda humanitária e bens alimentares, ou ainda pessoas por questões de saúde e óbito.

Até à presente data, o país conta com 212 infectados, com 10 mortes, 81 doentes recuperados e 121 activos. Existem 20 casos de vínculo epidemiológico em estudo.

O país regista 157 casos de transmissão local.

Luanda continua a ser o epicentro do contágio, com 208 casos. Além da capital do país, apenas a província do Cuanza Norte, com quatro, registou casos positivos de Covid-19.