Covid-19: Seis mortos em apenas 96 horas

0

Em apenas quatro dias (96 horas) do mês Julho, a Covid-19 provocou a morte de seis pessoas em Angola, perspectivando um mês pior que o Junho, período em que a pandemia vitimou nove pessoas.

Neste sábado, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, que fazia a actualização da situação epidemiológica sobre a pandemia, anunciou mais uma vítima mortal.

Desta vez à Covid-19 provocou a morte de um ancião de 67 anos, que deu entrada no Banco de Urgência do Hospital Américo Boavida com diagnóstico de tuberculose, cujo quadro respiratório agravou-se por causa de complicações do novo coronavírus.

Já no dia um de Julho, anunciou a morte de duas pessoas, seguiu-se igual número no dia dois e outro morto no dia 03 de Julho.

Em todo mês e Junho o país registou nove óbitos, enquanto que nos primeiros três meses da doença (Março, Abril e Maio) a covid-19 matou quatro pessoas.

Angola observa, em termos climáticos, o período de cacimbo, considerados críticos em termos de propagação da doença e já regista 19 mortes, em 346 casos infectados, e ao meio, 108 recuperados, 219 activos.

A transmissão local já conta com 240 casos ao passo que os casos sem vínculo epidemiológico contabilizam os 68.