Equipa “Okavango” vence o Rolex National Geographic Explorer do Ano

Equipa “Okavango” vence o Rolex National Geographic Explorer do Ano

COMPARTILHE
A A A

Desde 2015, uma equipe de cientistas intrépidos explorou, subiu e avançou por regiões inexploradas de Angola para realizar pesquisas abrangentes sobre os sistemas fluviais críticos que alimentam o Delta do Okavango, um dos locais mais biodiversos da África. Liderada pelo pesquisador da National Geographic, Steve Boyes, o ictiólogo angolano e explorador da National Geographic, Adjany Costa, e o especialista Tumeletso “Water” Setlabosha, a equipe descobriu mais de duas dúzias de espécies potencialmente novas para a ciência, documentou os desafios ambientais enfrentados pela região e juntou-se ao governo de Angola para desenvolver um plano para proteger essas regiões para as próximas gerações.

A angolana Adjany Costa, juntamente com Dr Steve boyes, da África do Sul, e Água Setlabosha ganharam o prémio de explorador do ano pela National Geographic do prestigiado Rolex Explorer, a ser apresentado em Washington DC, no dia 12 de junho de 2019. O prémio é para o trabalho feito na Okavango-Zambeze, Torre de água na Angola Highlands. Esta é uma grande conquista para o país.

O prémio Rolex National Geographic Explorer do Ano é concedido todos os anos a um indivíduo cujas ações, conquistas e espírito personificam a liderança na exploração e na narrativa. Ele reconhece um Explorador da National Geographic cujo compromisso com um planeta perpétuo está lançando uma luz crítica sobre questões importantes, descobertas e desafios enfrentados pelo nosso planeta, e que está inspirando o mundo a agir em nome de um futuro mais sustentável.

comentários facebook