Gersy Pegado: “É uma grande honra interpretar Carlos Burity”

Gersy Pegado: “É uma grande honra interpretar Carlos Burity”

COMPARTILHE
A A A

Por: Stella Cortêz

Para o dia 10 de Dezembro, a organização do “Duetos N´Avenida”, projecto que visa incentivar os artistas a fazerem a diferença e a trabalharem em dupla, tem preparado um concerto que vai juntar Patrícia Faria e Gersy Pegado, que outrora fizeram parte do renomado grupo “As Gingas do Maculusso”.

Ao PLATINALINE, Gersy Pegado destacou que o projecto Duetos N´Avenida é um conceito muito desafiador, onde duas obras, duas sensibilidades se unem e crescem num único momento. Gersy é apreciadora de eventos do género, e vem de um percurso rico, felizmente reconhecido que a leva a fazer parte dos artistas eleitos para o projecto.

Questionada se algum dia imaginou fazer parte do guião de artistas para uma das edições do Dueto N´Avenida, a cantora respondeu: “Claro que sim! Se não fosse só por mim, enquanto artista solo, seria pela história musical que tenho ainda viva na memória das pessoas que consomem a música popular angolana”, sublinhou.

Tanto Gersy, quanto Patrícia Faria, estão imbuídas pela responsabilidade de interpretar temas de Carlos Burity, um dos cantores da velha guarda mais conceituados pelo seu repertório no estilo musical Semba, porém, para a filha da professora Rosa Roque, este é um espectáculo diferente, pois, pela primeira vez, uma só obra será cantada.

“É uma honra muito grande poder interpretar obras que marcaram a história da música angolana, e uma voz tão respeitada como a do Carlos Burity”, admitiu.

Sobre o incumbência de encerrar a terceira temporada do projecto, Gersy realça que a responsabilidade faz a pessoa crer que houve confiança depositada, detalhe este que dá à pessoa mais força e alegria.

comentários facebook