Gestão da imagem pessoal

COMPARTILHE
A A A

Uma área que tem despertado interesse e com potencial para maior desenvolvimento no Brasil é a “Gestão de Imagem Pessoal”. As funções  do “Gestor(a) de Imagem” são auxiliar outras pessoas a obter resultados de percepção positiva no meio que atuam (reputação) e aumentar seu valor de brand vinculado a marca pessoal ou simplesmente melhorar o relacionamento intrapessoal. Como conceito, tal atividade deriva dos elementos do marketing pessoal e do estudo de branding e sua implantação pode auxiliar profissionaisde áreas como: atletas, artistas, políticos, profissionais liberais e demais formadores de opinião.

 

Um bom exemplo atual é o técnico de futebol português José Mourinho. Em recente estudo do Instituto Português de Administração e Marketing – IPAM, a marca pessoal e direitos de imagem de Mourinho foi avaliada entre 8 e 12 milhões de Euros anuais (Fonte: Jornal Briefing). No campo esportivo, em nosso país, é fato o franco crescimento das oportunidades de assessoria aos atletas, no tocante aos direitos de imagens, contratos publicitários, associação da marca pessoal e outros envolvimentos. Existem empresas especializadas no gerenciamento destes interesses e tal atividade pode ser desenvolvida por psicólogo, administradores, profissionais de marketing, publicitários, relações públicas, jornalistas e outros que, conjuntamente, poderão definir adequadamente o planejamento acerca da imagem pessoal.

Ainda, a imagem pessoal positiva que é percebida por outrem deve possuir uma aura de grande abrangência, em todos os aspectos entorno da vida do possuidor da marca. Exemplo: para um jogador de futebol que possui uma imagem idolatrada e formadora de opinião, a retidão deve estar também em sua conduta extra-campo, nas negociações e até mesmo sobre os produtos que representa. Essa conduta coerente deve ser acompanhada e cuidada caso a gestão da imagem esteja pautada na imagem de longo prazo e não apenas em retorno financeiro de curto prazo.

comentários facebook