Grupo de teatro Etu Lene exibe a peça "Uiji, Uijia"

Grupo de teatro Etu Lene exibe a peça "Uiji, Uijia"

COMPARTILHE
A A A

 

O grupo de tetatro Etu Lene apresenta no domingo, às 20 horas, no salão multiusos da Liga Africana, em Luanda, o espectáculo dramático “Uiji, Uijia”, de autoria do encenador Beto Cassua.
A peça narra as peripécias de um jovem que busca um feitiço para adquirir dinheiro e outros bens. Para que surta os efeitos desejados, o Kimbandeiro de fama, Papá Pambala, (interpretado por Adão José) obriga-o a manter relações sexuais com a mãe enquanto esta dorme.


Ualata (personagem de António de Oliveira), o jovem que usa o feitiço, vai prosperando. As moças lançam-lhe os seus charmes no intuito de o terem nos braços. Os mais velhos acabam por desconfiar da proveniência de tanta riqueza espontânea. Bela (Graciete de Jesus), a mãe de Ualata, vive radiante por o filho lhe proporcionar uma vida regalada: direito a motorista, consultas em clínicas modernas, iate para passeios no alto mar e muito mais.


É então que Bela descobre estar grávida, sem aparentemente se ter envolvido com quem quer que fosse. Apesar de se tratar de um tema delicado, a forma como os actores interpretam o texto suscita sempre algumas gargalhadas na plateia.


Inspirada numa crónica do jornalista do Jornal de Angola Pereira Dinis, a peça “Uiji, Uijia” classificou-se em segundo lugar do Festeatro/95, fases provincial de Luanda e Nacional, realizado em Benguela, venceu o Prémio Nacional de Cultura e Artes, edição 2002, na categoria de Artes do Espectáculo, e representou Angola no 20º Festival Internacional de Teatro de Almada, em Portugal.

 


Etu Lene, que na língua umbundo significa “Nós (actores) e Você (público)”, foi fundado em 1993. Do seu repertório constam mais de duas dezenas de peças e vários espectáculos realizados na capital e no interior de Angola.

comentários facebook