KingofMic apresenta novo vídeo clip “Mexe com esse Thug”

KingofMic apresenta novo vídeo clip “Mexe com esse Thug”

COMPARTILHE
A A A
KingofMic é um artista de composição “artesanal”, do tipo que faz música da forma mais natural possível, falando do seu quotidiano e dos outros. O artista traz para o público, o novo videoclipe intitulado “Mexe com esse Thug”, cujo link da música está disponível abaixo.
 
O vídeo não teve participações especiais, porém foi gravado em Luanda, em Talatona, pela PixelTech.
O vídeo ilustra um personagem que se encontra com uma rapariga que conheceu num posto de combustível, e o prazer de a ter conhecido fez com que ele tivesse alucinações e desejasse compulsivamente voltar a estar com ela. Ingenuamente, ele não sabia que a moça tivesse sentido o mesmo por si, porque, por algum motivo natural, eles não conseguiram manter contacto por mais tempo após conhecerem-se e ficaram os dois esperançosos de que se fossem reencontrar, o que nunca aconteceu.

Sobre – KingofMic

Um menino que despertou e perdeu-se na sua paixão pela música desde muito cedo, com mais ou menos oito anos de idade, já fazia “covers” de músicas de artistas como: SSP, Boss AC, Black Company, Gutto e outros, ensaiando no espelho e coreografias no prédio onde vivia com outros meninos. Na época dos seus 10 anos, começou a compor as suas próprias canções e, daí em diante, foi colecionando versos, poemas e mais tarde, livros de rimas, folhas de caderno e algumas estrofes no fim do livro de cada disciplina escolar (sempre com um amor intenso pela escrita).
 
 
KingofMic, de nome de registo José Valter Dos Santos Contreiras, nasceu no dia 21 de Setembro de 1987, chamado oficialmente de Valter Contreiras. Das Ingombotas, Rua Reverendo Agostinho Pedro Neto, Prédio 20 / 4Andar- Apart. 47, filho de pais angolanos, mãe do Kwanza-Sul e pai de Luanda, o jovem cantor vem de uma família grande.
 
 
Fez o Ensino Primário feito em Luanda, Secundário em Portugal (Sintra-Mercês/Tapada das Mercês) e ensino superior na Namibia – Windhoek. Passou a gravar a sua música em casa, em Lisboa, no ano 2002 e nomeou- se KingofMic, por sentir ter uma percepção profunda sobre como encarar a música como artista e manter- se sempre consistente e criativo.
 
 
Em 2006, já em Windhoek, montou um estúdio, convidou outros amigos amantes da música para se juntarem a si e passaram a chamar-se Biggy Bounce Boys (Triple B’s). Alguns meses depois, lançou uma coletânea de todos “Listen Up”, e foi usada para promover os membros da Editora Crack Decade Music, eram por volta de 12 membros, mas pouco maduros na altura para um salto mais elevado. Enquanto isso, KingofMic ofereceu àqueles que se consideravam seus ouvintes, a Mix Tape ”Crack Decade Music”, para certificar que o seu nome jamais deixaria os instrumentais e ao mesmo tempo provar que isto era mais profundo do que parecia, era o início duma legacia para quem percebia. Depois de um ano, convocou os mais destacados e presentes a formarem um grupo “mais sério”, Os Xplozas: KingofMic, Dr. P, WiseFella e Quio J, que fizeram inúmeros shows pela cidade, trabalharam em estúdios com mais regularidade e tiveram uma conduta artística com muitos desafios e credibilidade pelo que faziam, e sempre carregando o nome de BBB.
 
Infelizmente foi muito difícil manter o grupo por escolhas próprias, então, após alguns anos, KingofMic decidiu continuar a trabalhar a solo, mas, ainda assim, convidou alguns dos seus parceiros e lançou ”Mustreecology”, (um termo que KingofMic criou para pronunciar numa palavra só ”Estilo de Música de Rua”), este projecto foi lançado no fim de 2009. Vendido e autografado nas bombas de gasolina do Hochland Park, em Windhoek, e quando regressou para Luanda, no natal, em 2010, deparou-se com a necessidade de reproduzir mais cópias para exibir o projecto em Luanda / Angola e, finalmente, em 2011, lançou a reedição do ”Mustreecology”, com um video feito em Angola.
 
KingofMic passou a focar-se o máximo no seu projeto ”Capítulo 333”, enquanto criava estabilidade ou se adaptasse por completo à transição de fora para cà e a meditar sobre o que os nossos verdadeiros amantes de Hip Hop necessitam.
A faixa musical ‘’Mexe com Esse Thug’’, de KingofMic, é um tema mais radical comparavelmente ao que o mesmo normalmente faz, mas não deixa de ser parte da sua zona de conforto, pois retrata como sempre os nossos dias. O seu conceito sempre foi direcionado a apresentação duma mensagem com um conteúdo que possibilitasse as pessoas verem a vida com amor e prazer, com palavras de motivação, palavras de coragem e persistência, enfim, mais um incentivo para se persistir nos sonhos.
 
Esta é a música promocional do seu esperado Álbum 100DQ (Sem De Quê). Neste momento a ser finalizado. Neste projecto, o objectivo foi focar-se na sua identidade, nos pontos que poucos músicos reparam, nos temas que ainda não foram abordados e sobre um estilo original, algo novo e que tem a ver apenas com a realidade. Convicto de que o seu trabalho vai ascender e colaborar bastante para a futura saúde da música angolana, KingofMic prepara o Álbum “100DQ” para estar brevemente nas mais variadas bancadas do país.

comentários facebook