Como lidar com a presença ou a ausência do dinheiro?

Como lidar com a presença ou a ausência do dinheiro?

COMPARTILHE
A A A

“A DOENÇA DO DINHEIRO – CANSEI DE SER POBRE”, é o titulo da primeira obra de autoajuda no repertorio de Daniel Vunge, que explica de forma desapaixonada a situação da abundancia e de escassez de recurso financeiros.

A ser lançada e autografada nesta sexta-feira, 27 de Abril do ano em curso, pelas 11 horas,
no Instituto Superior Internacional de Angola (ISIA), a obra tem como objectivos a necessidade de estimular novos hábitos financeiros com vista a ajudar as famílias angolanas em plena situação de escassez financeira.

Recomendada para todas as faixas etárias e géneros – adolescentes, jovens e adultos, a
apresentação da obra e do autor será repartida pelos docentes universitários: Ana Nogueira especialista em Contabilidade e Fiscalidade e Zacarias Samba – especialista em Gestão e Planeamento.

Com 124 páginas compiladas, esta obra apresenta um conteúdo que adequa-se a realidade
social, cultural e económica das famílias que enfrentam grande pressão financeira em
consequência da recessão macroeconómica que transversalmente acabou retirando o puder de compra dos consumidores, o que leva a que “muita gente esteja mergulhada em dívidas”, justifica o autor no seu livro.

Por isso, as duas mil cópias disponíveis nas bancas dão um singelo contributo a mudança de comportamento para evitar os “efeitos que constituem a causa principal das dificuldades
financeiras de muitas famílias”, garante no autor

.
“A DOENÇA DO DINHEIRO – CANSEI DE SER POBRE”, é uma obra que reúne nas suas páginas a abordagem clara sobre como a má gestão do dinheiro fruto a falta de cultura de gestão de pequenos recursos financeiros, que “afecta de forma directa a maioria dos angolanos” e levanta o pano sobre a forma “tímida como tem sido combatida no nosso país”.

comentários facebook