“Livro de Victor Hugo Mendes no Teatro”

0
O grupo teatral Henrique Artes, irá conceber uma peça denominada “Fogo de Família”, a história foi extraída da obra “O meu livro de pensamentos”, do escritor e apresentador de televisão Victor Hugo Mendes.

Depois de ter sido apresentado na Europa, o livro de Victor Hugo, aos pouco se vai tornando numa referência. Com 132 páginas e 93 capítulos, segundo os leitores, o autor foi profundo nos seus textos uma vez que junta conteúdo filosófico, socio-cultural, e de auto-ajuda. São crónicas, poemas e romances a base da ficção.

Sob a chancela da “Animedições”, o livro já está disponível nas principais livrarias de Luanda. Victor Hugo disse à Platina Line que ficou feliz ao saber que o grupo teatral Henrique Artes, iria montar uma peça escrita por si. Por outro lado, está a aguardar por parceiros que queiram fazer a distribuição do livro pelo país todo.

“Fogo de Família”, é o título do capítulo número 81, está na página 113, e, conta a história de um casal de primos que se reencontram em Luanda, em casa de uma tia dez (10) anos depois do último abraço. Paira entre ambos um clima de amor, desejo e sexo que resulta numa gravidez indesejada com repercuções familiares e sociais muito fortes.

«O meu livro de pensamentos», “foi pensado e foi sendo elaborado, há mais de dois anos, com o objectivo de contribuir para o aumento de obras de auto-ajuda, bem como o de influenciar os jovens (e não só), a ganharem o gosto pela leitura”. Afirmou o autor Por outro lado, Victor Hugo André Mendes, iniciou-se como apresentador de rádio, em Malanje, ainda adolescente. Passou pela Rádio Ecclésia, Rádio Luanda, TPA 2 e hoje é quadro efectivo do principal canal estatal do país TPA1.

Projectos em Filantropia e em Viagens são o seu forte, já lançou um documentário sobre Turismo em Malanje, denominado “Sou Malanje” e ainda elaborou um projecto musical “Relíquias Negras1”. Para ter sucesso nas suas actividades, Victor conta com o apoio de algumas entidades, nomeadamente: ABC, TAAG, RNA, KIT e TPA Em Novembro do ano passado, Hugo Mendes percorreu 3.170 km sozinho, num trabalho de prospecção sobre um documentário que pretende fazer em 2015. É proprietário de uma livraria situada no interior do Centro Comercial Maria Luísa em Viana.

No mercado literário hà pouco tempo, Hugo Mendes anunciou que 15% das receitas arrecadadas nas vendas da obra, serão canalizadas para as “Irmãs Mercedárias da Caridade”, na província de Malanje (sua terra natal), pelo facto das Missionárias cuidarem de vinte e quatro (24) crianças órfãs que o autor apadrinha há três anos, tendo já feito várias campanhas a seu favor.

 

Texto: Vilma Macuéria