Luanda conta com cerca de 700 câmaras de vigilância para a segurança...

Luanda conta com cerca de 700 câmaras de vigilância para a segurança pública

COMPARTILHE
A A A

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) vai auxiliar a actividade dos órgãos de defesa e segurança na identificação e resolução rápida de problemas de manutenção da ordem e tranquilidade públicas, factos criminais, acidentes e incidentes que impactam de forma directa na segurança interna e externa do país, através do seu projecto levado a cabo, do qual já foram instaladas cerca de 700 câmaras de vigilância em Luanda e algumas dezenas em Benguela, permitindo, assim, a monitorização em tempo real.

Eugênio Laborinho, Ministro do Interior, durante a sua visita às instalações do CISP, na manhã desta segunda-feira (12), disse que haverá uma revolução na forma como o sistema de segurança pública vai funcionar, sendo que o CISP vai assegurar uma cooperação mais estreita entre todas as entidades que concorrem para a garantia da segurança pública, permitindo que se tome decisões conjuntas e coordenadas, de forma mais célere e eficaz para a resolução de problemas de segurança e de emergência.

Deste modo, um dos acessos a esta plataforma será feito pela efectivação de uma chamada, utilizando o número 111, que é de fácil assimilação e utilização, inclusive para as camadas mais vulneráveis, tais como crianças, idosos e pessoas com características especiais.

O Ministro do Interior orientou as equipas responsáveis pelo projecto a continuarem com o processo de formação, instalação dos últimos equipamentos, interligação de bases de dados e testes dos dispositivos tecnológicos, para que tudo esteja em condições para o funcionamento pleno, após a sua inauguração, cuja data não foi adiantada durante a visita.

Fonte: Jornal de Angola

comentários facebook