Malanje ganha a primeira fábrica de batatas fritas

Malanje ganha a primeira fábrica de batatas fritas

COMPARTILHE
A A A

Texto: Hélio Cristóvão

Fotos: Armando Marcão

A Tegma-Su LDA, empresa privada de Direito Angolano, constituída em 2013, inaugurou na passada sexta-feira, 21 de Fevereiro, a primeira fábrica de transformação de batatas da província de Malanje.

Situada no município de Cacuso, a fábrica que conta com o investimento estimado em seis milhões de dólares, já empregou mais de 45 trabalhadores directos e tem uma área territorial equivalente a dois hectares.

O proprietário, António Duarte José Gomes falou sobre a capacidade que tem a fábrica em abastecer o mercado. “Estamos aptos a produzir, de seis em seis horas, dois mil pacotes de batatas. E, de acordo com a demanda do mercado, podemos aumentar”, explicou.

Caetano da Rita Tinta, administrador do município de Cacuso, mostrou-se satisfeito pela mais recente infraestrutura que a zona acabou de ganhar. “Estamos abertos para esse tipo de investimento, temos terrenos suficientes para apoiar os possíveis investidores, temos água e energia. Este empreendimento é exemplo que o Executivo está a trabalhar para o crescimento e desenvolvimento económico do país, da província e do município em particular.”

Já o governador provincial, Norberto dos Santos, além de fazer o corte da fita inaugural, exortou a iniciativa, apelando que não fique por aí: “Precisamos de mais empreendedores e empresários para melhorar a industrialização e produzir no nosso país.”

Importa salientar que, além deste projecto de sucesso, a Tegma-Su LDA tem em carteira outros projectos como: a montagem de uma fábrica de cadernos escolares e ainda a industrialização do Caporroto na província.

comentários facebook