Márcio Batalha volta a unir música, poesia e humor no mesmo palco

Márcio Batalha volta a unir música, poesia e humor no mesmo palco

COMPARTILHE
A A A

Por: Nelma Inglês
Fotos: Ômega Pedro

Aconteceu na noite de ontem sexta-feira, 08 de Setembro, a segunda edição do concerto acústico entre poesia, música e humor, que teve lugar no restaurante Ar Café, em Luanda, uma iniciativa do escritor Márcio Batalha, Gito Brito e a RimaNet.

A noite acústica, conduzida pelo apresentador Raúl Jorge, contou com a presença da escritora e declamadora Kanguimbo Ananaz, dos músicos Lípsia, Nicol Ananaz, Melvi, Euclides Figueira e também dos poetas Pedro Bélgio, António Paciência, do humorista Richa, da pequena poetisa Wende e outros artistas que se juntaram a Márcio Batalha para respirar poesia e fazer arte, tendo como suporte a Banda Chega e Rebenta.

Além de muita boa dança, música, risadas e declamações, O evento serviu para homenagear o Kudurista Nacobeta, que recentemente deixou o mundo dos vivos. Enquanto faziam um dueto poético, Kanguimbo Ananaz e Márcio Batalha pediram aos presentes um minuto de silêncio em memória ao músico e, logo de seguida, cantaram o sucesso Wakimono.

Aniceto Márcio de Moura Batalha, ou simplesmente Márcio Batalha como é conhecido, já tem algum tempo no universo das letras e com o passar do tempo tem estado a realizar encontros com artistas e amantes das artes para engrandecer a cultura angolana e continuar com o seu projecto é a sua pretensão: “Pretendo continuar com este projecto, já vamos na segunda edição e já começamos a idealizar a terceira. O local será o mesmo, mas teremos outras atracções”, adiantou o autor Márcio, autor do livro A Vida Inspira-Nos.

comentários facebook