Maria Gadu: “Será um prazer estar em Angola e cantar para este...

Maria Gadu: “Será um prazer estar em Angola e cantar para este povo maravilhoso”

COMPARTILHE
A A A

Por: Stella Cortêz
Revisão: Canga Tomás

A cantora brasileira, Maria Gadu, que vai partilhar, durante os dias 27 e 28 de corrente mês, na Casa 70, o palco do projecto Serenatas à Kianda com o angolano Gabriel Tchiema, falou das expectativas para as duas grandes noites de concerto.

“É a terceira vez que estarei em Angola, um país irmão, e será um prazer cantar para este povo maravilhoso. As expectativas são enormes, o público é lindo, feliz, presente e juntos faremos o concerto”.

A autora do Shimbalaié tem a africanidade no sangue, nos pensamentos, nas lutas diárias e, em particular, no último álbum apresentado, um trabalho que ritmos do continente berço através da canção Sakédu, interpretada com a cabo-verdiana Mayra de Andrade. Questionada se conhece o trabalho de Gabriel Tchiema, ou se já fez ou pretende fazer parceria com artista africanos, Maria Gadu respondeu: “Não conheço, mas quero conhecer o trabalho do Gabriel Tchiema. Já fiz algumas parcerias com a Mayra Andrade, Lokua Kanza e já cantei nos saraus do Paulo Flores, em Lisboa. Tenho desejo de estreitar essa história afro-brasileira com outros artistas”.

Questionada se dos temas seleccionados para os dois dias de concerto, tem alguma música que retrata o nome do projecto ou vai criar no momento, Maria respondeu: “Não há uma referência declarada, mas há canções mais antigas no repertório, que compus nos tempos que fazíamos muita serenata no Rio de Janeiro e em São Paulo. Somos filhos da noite. De salientar que o setlist será uma mistura do repertório de guelã e músicas mais antigas sempre com uma nova sonoridade”.

A violinista explicou, ainda, que só vem a capital luandense única e exclusivamente para os shows Serenata à Kianda. Sendo que está em tour, os dias são muito curtos, espera voltar em breve e passar dias sem compromisso e conhecer pessoas e novos lugar para fazer serenatas.

Maria Gadu aproveitou e deixou um recado para o público angolano que admira o seu trabalho.” Chegarei cheia de carinho e respeito com a vontade de nos divertirmos muito nos dois shows. É sempre um prazer chegar em Angola. Minha avó la no céu se fará presente de forma incrível”.

comentários facebook