Ministro reitera imperativo de modernização da comunicação social

0

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, reiterou nesta terça-feira, 7 de Julho, em Luanda, a necessidade da contínua modernização dos órgãos do sector e a capacitação dos respectivos quadros, para uma melhor prestação de serviço público

“Os órgãos da comunicação social são de relevância política, económica e social para o país, daí ser de todo importante que, da parte da direcção do Ministério, em representação do Executivo, possamos continuar a dar o nosso melhor no tratamento das condições técnicas, de recursos humanos, e da capacitação destes, para que as nossas empresas possam concretizar os objectivos que prosseguimos”, disse.

O governante fez estas considerações no acto de reinauguração das redacções Nacional e Internacional da Agência Angola Press (ANGOP), que doravante contam com um escritório moderno e novos meios tecnológicos, para melhor aconchego dos seus funcionários.

À margem da reinauguração, o ministro testemunhou a apresentação da nova logomarca da ANGOP e do futuro Portal, que estará disponível ainda no decurso deste semestre, segundo o Presidente do Conselho de Administração (PCA) da agência, Josué Isaias.

“É este dinamismo que queremos continuar a imprimir no nosso sector, mesmo em momento de dificuldades excepcionais, entendemos que com algum espírito de sacrifício e dedicação, é possível darmos mostras de que o sector tem condições de continuar a exercer o seu papel”, asseverou o governante, entre outras considerações.

A ANGOP é uma agência de notícias pública e tem como finalidade recolher, tratar e distribuir, em regime exclusivo, tanto em Angola como no exterior, notícias com base numa informação objectiva sobre a actualidade nacional e internacional.

Criada em Julho de 1975, presta serviços noticiosos em Português, Inglês, Francês e em Espanhol, mas só a partir de Fevereiro de 2000, passou a emitir via Internet, um meio de distribuição mais eficaz e com contacto directo com o público.