Moët Chandon iniciará produção de espumante na China

0

  Divulgação

Espumante Chandon: em breve, produção made in China

A empresa francesa Moët Hennessy começará em breve a produzir espumante na China, mais precisamente região de Ningxia, vizinha ao Deserto de Gobi, informou a agência estatal “Xinhua”. O grupo de luxo Louis Vuitton Moët Hennessy (LVMH) plantará 67 hectares de vinhedos ao pé da montanha Helan, habitada majoritariamente por muçulmanos da etnia hui. O espumante produzido levará a marca Chandon.

A Moët Hennessy “quer transformar o oeste da China em um famoso lugar de produção e processamento de uva, a fim de atender a crescente demanda de espumante no país e em toda a Ásia”, destacou o presidente de LVMH, Chris Kostov Navarra. Ningxia é uma das regiões mais pobres do país asiático, situada na confluência entre as estepes mongóis e as áreas desérticas do Gobi.

( com EFE)