Mulher processa P. Diddy em 1 trilião de dólares

Mulher processa P. Diddy em 1 trilião de dólares

COMPARTILHE
A A A

Uma mulher processou o rapper P. Diddy em 1 trilião de Dólares, acusando-o de causar o 11 de Setembro, deixar o seu filho no Hospital e roubar uma ficha de póquer no valor de “100 ziliões de dólares”.

Valerie Joyxe Turks pediu uma providência cautelar contra o rapper, que foi negada, mas conseguiu uma audiência para o próximo dia 31 de Janeiro.

Turks diz que Diddy e a ex-namorada Kim Porter, mãe dos filhos do rapper, e Rodney King, homem violentamente agredido pela polícia, estiveram por trás do colapso das Torres Gémeas, segundo os documentos do tribunal obtidos pelo site RadarOnline.com.

“Ele falou com a Kim Porter e com o Rodney King e mandaram abaixo as Torres Gémea e depois puseram o meu filhinho numa cadeira de rodas. Além disso, ganhei muito dinheiro no casino no Mississippi e Sean P. Diddy Combs tem as fichas para o meu dinheiro. Ouvi que ele o deu à Gwen Allen mas ela não o levantou. Vale uns 100 ziliões de dólares”.

Turks diz que ela e Diddy têm um filho, Cornelius Wilson, de 23 anos, e pede 900 biliões de dólares em pensão alimentar e mais 100 biliões por “perda de lucro”

comentários facebook