Multiartista angolano apresenta performance que resgata raízes culturais africanas

Multiartista angolano apresenta performance que resgata raízes culturais africanas

COMPARTILHE
A A A

Um projeto cultural que envolve literatura, tradição oral, música, dança, teatro e artes marciais angolanas. Essa é a proposta do trabalho de pesquisa do multiartista angolano Cabuenha Janguinda Moniz, que apresenta a performance “Yakalakaya” nesta quinta-feira, às 14hs, no campus de São Francisco do Conde, da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab). A iniciativa tem apoio do Centro Cultural Casa de Angola na Bahia.

O angolano Cabuenha Janguinda Moniz tem se dedicado a conhecer as raízes angolanas da arte capoeira. Neste trabalho de investigação, Cabuenha cruzou-se com várias comunidades, convivendo e absorvendo diversas manifestações culturais. Desta forma, Yakalakaya traz ao palco o resultado desta pesquisa, uma performance apresentada a partir de um olhar artístico e de valorização cultural.

A performance teve sua estreia em Luanda, no Teatro Elinga, em 2016, mas já foi apresentada em Portugal, Cabo Verde, República Tcheca e em Dubai. No Brasil, teve estreia na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais, no contexto do FMAC/Festival mineiro da arte capoeira, em 2017. Também foi apresentada no Estado de São Paulo nas cidades de Itu, Americana, Santa Barbara d´Oeste, e em comemoração ao dia da Consciência Negra, 20 de Novembro, no Rio de Janeiro.

comentários facebook