Nova geração dos Amões inaugura o seu primeiro hotel na África do...

Nova geração dos Amões inaugura o seu primeiro hotel na África do Sul

COMPARTILHE
A A A

Por: Stella Cortêz
Fotos: Victorino Gonçalves

Todos os dias, tem aumentado cada vez mais o número de jovens empreendedores que transformam as suas habilidades em negócios lucrativos. E, nesta ordem de ideia, a nova geração dos Amões, constituída por Faustino Amões, Chilli Amões e Demóstenes Amões decidiu fundar a sua primeira empresa do ramo hoteleiro, a Fauchill Hotel, cuja inauguração aconteceu ontem, sexta-feira, 14 de Dezembro, na cidade de Joanesburgo, África do Sul.

Com a criação desta e de outras unidades hoteleiras, os jovens angolanos pretendem levar às terras de Nelson Mandela a classe empresarial angolana e não só, para que os clientes possam, desta forma, conhecer e desfrutar de um serviço único e personalizado, como fez saber Demóstenes Amões, quando falava sobre a unidade hoteleira. “Nós acreditamos que devemos oferecer um serviço único aos nossos clientes, então, criámos o Fauchill Hotel para poder proporcionar tudo isto aos clientes. Achámos que África do Sul, e Joanesburgo em particular, é uma cidade muito competitiva, e aqui nós também poderemos alcançar esta competitividade, e atingir um nível mais elevado,” disse Demóstenes.

O proprietário acrescentou ainda que, é difícil empreender na referida cidade sul-africana, mas todos eles são jovens sonhadores e empreendedores, e, para Faustino, Chilli e Demóstenes, o céu é o limite. “Trabalhámos durante um ano para desenvolver este projecto e mostrar aos sul-africanos que existem empreendedores sérios e que possam oferecer um bom serviço à sociedade sul-africana,” frisou.

O Fauschill Hotel tem disponível para os clientes cinco suites, um restaurante, um champagne lounge, um roof lounge, uma sala de conferências com capacidade para acolher 200 pessoas, entre outros serviços. Para além de Joanesburgo, os empresários têm a pretensão de abrir outros hotéis na Cidade do Cabo e Durban, bem como levar os seus serviços a outros países da África Austral.

comentários facebook