“O político angolano tem falta de identidade porque quem ama o seu país, não rouba”, diz Gangsta

0

Por: Hélio Cristóvão

O activista social Nelson Manuel Dembo, artisticamente conhecido por Gangsta, em uma nova análise e observação sobre as Entidades que gerem o país, no ramo da política, afirmou que os estadistas angolanos têm falta de identidade, pois, segundo o mesmo, “quem ama o seu país, não rouba!”.

Afirmação esta que não está apenas voltada a contas endinheiradas no estrangeiro, mas por “nunca terem investido ‘nada’ em Angola” .

“Volvidos 45 anos de independência, o país continua estático e com uma população muito pobre, o que significa que não se criou riqueza, pois a maior delas é a educação do homem, aquele que transforma uma sociedade”. Disse.

Gangsta frisou, ainda, que a falta de identidade cultural torna os nossos políticos pessoas aculturadas e, automaticamente anti-patrióticos. “O amor à Pátria faz com que se invista no seu próprio país, escusando, assim, a dispersão de riqueza financeira e empobrecimento do seu povo.” Finalizou Gangsta.