É oficial: Wuhan proibiu o consumo de animais selvagens

É oficial: Wuhan proibiu o consumo de animais selvagens

COMPARTILHE
A A A

As autoridades da cidade chinesa de Wuhan anunciaram, esta quarta-feira, a proibição de consumo de qualquer tipo de animal selvagem.

De acordo com o The Independent, a administração local disse que Wuhan se vai tornar num “santuário da vida selvagem”, isto porque tanto o consumo como a caça de animais selvagens está proibida. Existem, no entanto, exceções como o uso destes animais para “estudos científicos, regulação populacional, monitorização de epidemias e outras circunstâncias especiais”.

Foi ainda criado um apoio para os agricultores/produtores para deixarem de fazer criação de animais exóticos.

Foram vários os estudos que apontavam que o SARS-CoV-2 surgiu do consumo de animais selvagens frescos em mercados clandestinos chineses. Pangolins, morcegos, cobras, crocodilos eram alguns dos animais vendidos neste tipo de comércio.

De recordar que Wuhan, uma cidade localizada na província de Hubei, na China, foi o epicentro da pandemia de Covid-19. Com 11 milhões de habitantes, viu os primeiros casos confirmados no final do ano passado.

A pandemia do novo coronavírus já matou pelo menos 323.370 pessoas e infetou mais de 4,9 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP.

comentários facebook