Origem e evolução do batom, um cosmético indispensável no dia-a-dia das mulheres

Origem e evolução do batom, um cosmético indispensável no dia-a-dia das mulheres

COMPARTILHE
A A A
Por Cláudia Cortez
 
A origem do baton vem desde o tempo dos egípcios quando as mulheres tinham o costume de usar pedras semi-preciosas em torno dos olhos e dos lábios, porém começou a ganhar mais popularidade na Inglaterra, no século XVI, durante o reinado da rainha Elisabeth I. Por essa altura, o batom era feito a partir de cera de abelha e tintas vegetais.
 
O formato dos batons também passou por vários processos de modernização. Por volta do ano de 1915, apareceu, nos Estados Unidos, um derivado do “baton serviteur”. A fórmula sólida do batom só teve o seu início na década de 1930. Apesar disso, a receita básica não sofreu radicais mudanças. Ela é, até hoje, uma dispersão de cores numa base gordurosa, permitindo assim a fácil aplicação de uma camada uniforme.
Com a evolução da indústria cosmética, actualmente, o batom não dá apenas cor, mas também protege a pele delicada dos lábios contra o frio, o vento e o sol.

comentários facebook