Orquestra Camerata de Luanda cria o projecto de inclusão social “Yellen”

0

Por: Hélio Cristóvão

Sob a iniciativa do Maestro Félix da Costa, a orquestra Camerata de Luanda criou o projecto de inclusão social denominado “Yellen”, iniciativa esta que engloba várias áreas da cultura, como: desporto, teatro, dança e canto coral.

Cerca de 27 jovens estão envolvidos e comprometidos com o projecto, cujo objectivo passa por prestar positivamente a sua contribuição para o crescimento e desenvolvimento da cultura angolana e trazer ao mercado um novo conceito de projectos corais.

Ao PLATINALINE, o maestro e CEO da orquestra, Félix da Costa, fez saber que, em breve, os amantes de projectos corais e não só, podem esperar um vasto repertório que passa pelos clássicos do cancioneiro angolano. “Não estamos focados apenas em louvores, mas sim na diversidade de repertório. Procuro ocupar todo tempo livre dos jovens e crianças do bairro onde o projeto está inserido para que sejam novas pessoas.” Disse

Recentemente, a referida orquestra acompanhou as gravações das versões acústicas das músicas “Pedra” e “Vai devagar”, do novo projecto de Preto Show com participação de Anselmo Ralph, que consiste em gravar sucessos do Benga boy na versão acústica.