Papa Francisco almoça com 1500 pessoas desfavorecidas

Papa Francisco almoça com 1500 pessoas desfavorecidas

COMPARTILHE
A A A

As comemorações do terceiro Dia Mundial dos Pobres iniciou neste domingo, 17, com a Santa Missa na Basílica Vaticana, presidida pelo Santo Papa Francisco, que contou com a presença de muitos outros padres.

Na homilia, o Papa recordou que os pobres facilitam o acesso ao Céu, e que devemos estar ao lado deles para aprender, pois, são preciosos aos olhos de Deus, porque não falam a linguagem do eu.

Screenshot_2019-11-18-14-38-18-1 Screenshot_2019-11-18-14-38-27-1 Screenshot_2019-11-18-14-37-47-1

Depois da Missa, o Papa rezou o “Angelus” com os fiéis e peregrinos reunidos na Praça São Pedro, num domingo com muita chuva. Depois do “Angelus”, o Papa Francisco recordou: “Hoje celebramos o Dia Mundial dos Pobres, que tem como tema as palavras do Salmo ‘A esperança dos pobres jamais se frustrará’ (Sal 9: 19)”

“A minha gratidão vai para todos aqueles que, nas dioceses e paróquias de todo o mundo, promoveram iniciativas de solidariedade para dar esperança concreta às pessoas mais desfavorecidas. Agradeço aos médicos e enfermeiros que prestaram serviço nestes dias no posto de saúde aqui na Praça São Pedro”, acresceu Papa Francisco.

No final, o Papa pediu orações pela sua próxima viagem à Tailândia e Japão, que inicia na próxima terça-feira, dia 19 até ao dia 26 de Novembro.

O Papa almoçou na Sala Paulo VI com cerca de 1.500 pessoas necessitadas, para testemunhar também a atenção que nunca deve faltar a essas pessoas. O almoço para os pobres foi servido por 50 voluntários e colaboradores de associações de voluntariado. O menu oferecido pelo Papa era composto por lasanha, picadinho de frango com creme de cogumelos, batata assada, sobremesa, frutas e café.

Por: Hélio Cristóvão (Estagiário)

comentários facebook