Patrícia Pires arrepende-se de ter feito o uso da “jarda”

Patrícia Pires arrepende-se de ter feito o uso da “jarda”

COMPARTILHE
A A A

Patrícia Pires usou as redes sociais para desabafar sobre o triste episódio que viveu de 2016 a 2017, lamentando as diversas entradas no bloco operatório após o uso da jarda.

“Em 2015, após ter-me divorciado, comecei a usar o Instagram. Fui idolatrando corpos com volume. Em 2016, por vaidade e influências, experimentei a famosa Jarda, em Junho. No mesmo ano, em Novembro, fui passar o feriado em Benguela e tive uma recaída. Fui internada devido ao excesso de progesterona e apanhei uma infecção generalizada no sangue, que afetou os rins e o fígado. Fiquei com problemas graves de insônias e durante algum tempo dormia a base de “Xanax”. Internei em Novembro de 2016 e tive alta em Janeiro de 2017”, começou por dizer a Host que tem lutado para se firmar como cantora no mercado nacional.

As datas comemorativas, na altura, a mesma teve de passar em cama de hospital, tendo dado entrada 29 vezes no bloco operatório pela gravidade do uso desta substância, “jarda”.

Hoje, Patrícia Pires olha para a foto postada em 2012, após ter dado à luz a sua segunda filha, e tenta entender o que buscava na época, uma vez que acredita que mesmo sendo mãe pela segunda vez, o corpo continuava esbelto. “Hoje eu olho para essa minha fotografia e digo que fui ingrata comigo mesma, fui ingrata com Deus e com a minha genética. Já tinha duas filhas e ainda tinha um bom corpo”, legendou a fotografia.

Para concluir, Patrícia Pires estabeleceu uma meta a fim de conseguir ter o seu corpo de volta, e a data limite é Dezembro de 2020, para tal, a mesma já começou com o processo de perda de peso, massagens, entre outros mecanismos para ter de volta o que “NÃO VALORIZOU”.

comentários facebook