“Património Cultural e Desenvolvimento do Turismo” Apresentado em livro

“Património Cultural e Desenvolvimento do Turismo” Apresentado em livro

COMPARTILHE
A A A

O Docente Universitário, Bumba Manuel de Castro apresenta dia 28 de Janeiro, em Lisboa a obra “Património Cultural e a Reabilitação Urbana. Um Caminho para o Desenvolvimento do Turismo em Cidades Históricas”.

A obra retracta como o património cultural pode ser um “chamariz” no desenvolvimento do Turismo, em cidades históricas.

A dimensão identitária do património cultural é um instrumento impulsionador de desenvolvimento de projectos em cidades históricas, visando a conservação e a geração de mais-valias económicas, sociais e ambientais. Por esta razão, o património cultural arraigado nos centros históricos é frequentemente visto como indutor de planos de desenvolvimento local, onde o turismo ocupa uma posição de destaque.

O livro aborda o contributo do património cultural no desenvolvimento do turismo e a sua capacidade de criar oportunidades de revitalização dos territórios económica e socialmente deprimidos com vista a melhoria da qualidade de vida dos seus habitantes.

Editada e publicada sobre a chancela da Lisbon International Press  a obra será, primeiramente apresentada e comercializada em Lisboa e, posteriormente, Luanda.

“Bumba Manuel de Castro, licenciado em Direcção e Gestão Hoteleira pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, especialista em Administração de Empresas Turísticas e de Lazer pela Universidade Politécnica de Madrid e Doutorado em Turismo e Cultura, pela Universidade de Coimbra. É quadro sénior do Ministério do Turismo, onde exerce a função de Consultor da Ministra. É também professor universitário, leccionando em cursos de licenciatura e mestrado. Tem desenvolvido trabalhos de investigação ao nível do turismo, património cultural e desenvolvimento regional e urbano, tendo produzido vários artigos sobre estas temáticas. De igual modo, tem ministrado palestras, seminários e participado em eventos nacionais e internacionais sobre o turismo e sectores afins”.

 

 

comentários facebook