Polícia `vigia` projeção de “Cinquenta sombras mais negras de Grey” em Luanda

comentar
8
COMPARTILHE
A A A

O Ministério da Cultura de Angola confirmou esta sexta-feira, em comunicado, que vai solicitar o “devido acompanhamento” da Polícia Nacional à projeção, em salas de cinema de Luanda, do filme “Cinquenta sombras mais negras de Grey”, de cariz erótico.

Na mesma nota, o ministério admite que “tomou conhecimento, com bastante preocupação, de informações disponibilizadas nas redes sociais” sobre a exibição deste filme, “com conteúdo inapropriado para menores de 16 anos”. “Por esse facto está a desenvolver esforços com instituições competentes, como a Polícia Nacional, para o devido acompanhamento”, lê-se.

O Ministério da Cultura informa ainda que a classificação etária dos filmes é definida pelas entidades públicas de cada país “em função da respetiva realidade cultural” e que no caso concreto o filme em causa “não obteve qualquer classificação para exibição no território nacional”.

Acrescenta o comunicado que à luz da Lei do Cinema e do Audiovisual, antes da sua exibição os filmes devem ser “objeto de avaliação de uma comissão de visionamento e que os agentes exibidores de cinema devem estar registados”, junto do Instituto Angolano do Cinema e do Audiovisual. “Nesse sentido, solicita-se aos agentes do setor da distribuição e exibição a tomarem as medidas no sentido de inserir na sua programação os filmes com conteúdos eróticos ou pornográficos para horários adequados, devendo ser impedida a entrada de menores em tais sessões”, lê-se ainda

DEIXE UMA RESPOSTA