Prémios shortcutz chegam a Luanda com 1º festival de curtas-metragens no zap cinemas

comentar
3
COMPARTILHE
A A A

Luanda faz parte das 28 cidades do mundo que em 2020 recebem o Shortcutz, conceituado prémio holandês para filmes curtas-metragens. Na capital angolana, o evento é uma iniciativa do SHORTCUTZ LUANDA e acontece a 11 de Janeiro, às 10h30 no ZAP Cinemas. Contará com vários convidados que vão participar na eleição da melhor curta-metragem da presente edição deste projecto de dimensão internacional. A entrada à audiência é gratuita, mas sujeita à lotação de 180 lugares, por inscrição obrigatória até 10 de Janeiro, às 15 horas, através da página oficial no Facebook Shortcutz Luanda.

Selecionados pela equipa de jurados do Shortcutz, concorrem para os prémios deste ano sete filmes de acção, documentário e animação, designadamente: Accidente (de David Cochoret); Daydreaming (de Yim Brakel); Crow´s Nest (de Flynn Von Kleist); Fundament (de Wilbert Van Veldhuizen), School’s Out (de Jamille van Wijngarden), Nobu (Sarah Blok e Lisa Konno) e At first sight (Sjaak Rood).

As votações a nível mundial começaram a 4 de Dezembro de 2019 e vão até o próximo dia 15 de Janeiro. Após ao apuramento das votações em todas as cidades participantes, o grande vencedor desta que é a sétima edição dos Prémio Anual Shortcutz será anunciado a 19 de Janeiro, em Amsterdão, Holanda.

Luanda torna-se, assim, a primeira cidade africana a juntar-se a este prestigiado movimento urbano e internacional de curtas-metragens, que se tornou uma das maiores plataformas de networking do mundo, priorizando a diversidade e a inclusão entre os cineastas, a produção cinematográfica nacional e a livre circulação de filmes e ideias.

O Shortcutz Amsterdão é uma das principais montras para os talentos cinematográficos holandeses emergentes. Tem servido para mostrar os seus trabalhos bem como envolvê-los perante um público nacional e internacional, possibilitando igualmente a sua ligação com profissionais estabelecidos no sector.