Repórter Amélia Madaleno fala pela primeira vez sobre a sua contratação pelo...

Repórter Amélia Madaleno fala pela primeira vez sobre a sua contratação pelo canal Zap Viva

COMPARTILHE
A A A

Por: Vídia António

Revisão: CAnga Tomás

Moçambicana, casada, mãe de dois filhos, repórter e coordenadora de programa, Amélia Madaleno é um dos rostos mais notáveis do canal Zap Viva no que diz respeito à reportagem e foi o amor por Angola que a trouxe ao país. E apesar de se ter destacado através do seu talento, tem noção de que a caminhada é longa, mas, ainda assim, chegará onde almeja.

Nesta entrevista, que é a primeira vez que a repórter fala do seu trabalho para um outro órgão de comunicação que não seja o Zap Viva, para o qual trabalha, Amélia mostrou-se feliz e disse: “Na verdade, não existiu convite algum para eu trabalhar para a Zap. Trabalhei noutras áreas e para outras empresas e decidi correr atrás do que desejava e consegui uma oportunidade para mostrar o que sei e gosto de fazer, afinal já tinha uma experiência”.

Amélia Madaleno é uma mulher batalhadora, simpática, persistente e descendente de benguelenses. Apesar de estar a trabalhar em televisão, sempre desejou trabalhar como hospedeira de bordo, mas a vida a levou ao jornalismo, e hoje ama trabalhar nesta área, que lhe deu visibilidade nacional e em alguns países africanos. A repórter lida com a fama com muita normalidade, continua a ser a mesma Amélia de sempre e está muito orgulhosa da pessoa que se tornou hoje.

“É claro que nem tudo é um mar de rosas, porém sou de fácil adaptação e, por isso, quando aparece alguma dificuldade, tento contorná-la com um sorriso no rosto. E sobre viver definitivamente em Angola, ainda não sei, porque, por enquanto, estou muito bem cá; tenho a minha família constituída e sinto que Angola já faz parte de mim. Contudo, o futuro só a Deus pertence,” concluiu Amélia.

comentários facebook