Restos mortais de Chinho na Santa Ana

Restos mortais de Chinho na Santa Ana

COMPARTILHE
A A A

Os restos mortais do ex-futebolista João dos Santos de Almeida “Chinho”, vítima de assassinato, foram hoje sepultados, no cemitério da Santa Ana, em Luanda, num momento de grande consternação de centenas de pessoas presentes.

Depois de a urna contendo o corpo do antigo jogador ter saído do Velório Provincial de Luanda, acompanhado pelos familiares, populares e diversas personalidades, incluindo colegas, foi rendida à última homenagem já no campo santo.

O assassinato ocorreu às 10 horas de segunda-feira, na Sapu, município do Kilamba Kiaxi, quando conduzia uma viatura Range Rover e foi perseguido por dois indivíduos portadores de arma de fogo em uma motorizada, sendo que um deles disparou provocando a sua morte.

Chinho, 37 anos de idade, começou a vida desportiva no extinto GD da Nocal, transferindo-se depois para o Petro de Luanda, onde se notabilizou enquanto atleta da alta competição.

Em 2005, o Sagrada Esperança da Lunda Norte conquistou o Girabola, sendo que Chinho foi preponderante para tal. O médio esquerdo foi ainda capitão do Santos FC.

O antigo futebolista representou em diversas ocasiões as selecções nacionais. Em 2001 sagrou-se campeão africano de Sub20, prova disputada na Etiópia. No mesmo ano fez parte da selecção que disputou o campeonato do mundo da categoria, na Argentina.

comentários facebook