Retrospectiva 2018

Retrospectiva 2018

COMPARTILHE
A A A

Com 2019 batendo à porta, é hora de olhar para os momentos que marcaram 2018 na retrospectiva anual realizada pelo PLATINALINE. No mundo dos famosos, e para começar, nada melhor do que relembrar com os habituais eventos que sempre marcam o início do calendário do showbiz nacional. O Top Radio Luanda que, sempre polémico, dá voz às melhores ʽcassetesʼ que tocaram durante os 365 dias do ano na emissão da Rádio Luanda.

O grande vencedor do top foi Filho do Zua e a Clé, que venceram quatro troféus no total. Recém-chegada ao mercado do entretenimento angolano, a Clé provou ter tudo para dar cartas a jogar e cimentar o seu nome no hall das grandes empresas voltadas para a indústria musical e uma demonstração da sua força foi a conquista dos quatro troféus no Top Rádio Luanda 2017, tornando-se a única editora que alcançou tal proeza.

Os prémios foram conquistados por Edmázia (Melhor Guetto Zouk Ano), Filho do Zua com dois troféus (Kizomba do Ano e Voz Masculina Revelação do Ano) e Mobbers, o grupo contratado recentemente que levou o prémio de Melhor Rap do Ano.

A Clé Entertainment é uma empresa que trabalha na gestão de carreira e imagem de artistas angolanos, actuando de forma diferenciada no mercado. O seu papel, segundo os seus responsáveis, Clésio e Clénio Gomes, é de ajudar a promover a imagem dos seus agenciados e assim fazer com que portas se abram para todos eles. Ainda sobre a Clé, 2018 foi o ano da sua consagração, tornando-se a marca/empresa, fora dos portais de notícias e celebridades, mais seguida no Instagram, com 100 mil seguidores. A Clé Entertainment é o segundo canal cujos seus conteúdos são mais reproduzidos por outros canais e o mais influente na qualidade dos seus conteúdos no YouTube. Lançou álbuns de sucesso: Clepatia e Sob Pressão, com vendas astronómicas no lançamento da EP e do álbum de originais na Praça da Independência e na Wammo. A produtora realizou também os primeiros grandes shows da carreira de Edmázia Mayembe e Filho do Zua; lançou projectos no cinema, como o filme Falso Perfil, com Sílvio Nascimento e Micaela Reis, que teve as suas sessões esgotadas no fim-de-semana da sua estreia. E, por fim, assinou com novas estrelas.

46488434_716984338680416_2995006757085904896_n

O calendário continuou com o habitual e emblemático Moda Luanda, que juntou os habituais troféus Moda Luanda e os desfiles de moda. Ainda sobre moda, houve, em 2018, o regresso do Angola Fashion Week, que homenageou a Palanca Negra Gigante, e um ano dourado para modelos da Da Banda, com destaque para Blésnya Minher, que protagonizou diversos editoriais de moda, e Amilna Estêvão, que foi capa em simultâneo da revista Vogue em vários países. E o ano terminou com a má notícia de que, pela primeira vez, em cinco anos consecutivos, o país não teria uma modelo em sua representação no Victoria’s Secret, feito conquistado por Maria Borges.

mariaborges3

Na TV , Cinema e Teatro , foi um ano de inovações Valdano Lukizaia voltou a colocar no calendário diversas peças de sucesso de critica positiva. A Peça comemos com ela foi outro ponto positivo ao ser estreado este ano com assinatura da Discalha produtora, Diversos filmes nacionais foram lançados com destaque para o Falso Perfil e Sexta-Feira Mwangolé” e na Televisão depois do ano anterior Zap News dominar o ano de 2017, surgiu furação “ Fala Angola” com Salu Goncalves que se notabilizou com seu bordão: “ Fala Comigo” A record lançou o seu telejornal que faz sucesso, já Zap viva perdeu no mesmo anos diversos rostos com destaque para Bruna de Sousa, Helio Taveira, e Yara Mosquito so para citar alguns. BV , Dalila Prata , Edvania do Carmo, e outros mudaram-se do canal 2 para outro canal publico tpa1. E 2018 foi igualmente ano da certeza ou afirmação da Stela de Carvalho que lidera as audiências com folga no seu horário.

fala

Nunca foi tão bom casar entre os famosos e em 2018 o casamento foi fértil para o showbiz nacional, tendo-se testemunhado os casamentos de BV e Stela de Carvalho, casamento de Landrick e sua esposa, casamento de DJ Malvado e Yara, Rei Elias Dya Kimuezo, que se casou aos 82 anos, Kid MC e Naed Branco, Edusa Chindecasse e Denis Fonseca, Elise Vasco e Klisman e bem no final Mago de Sousa e a esposa Esmeraldina Jeremias

weedingmalvado-142

Nasceram os primogénitos de Ary e Lesliana Pereira; os segundos filhos de Patrícia Faria, Lisandra Francisco e Sandra Cordeiro e espera-se em 2019 o filho de Cleide Afonso. Ana Avião é a Nova Miss Angola. A concorrente Ana Liliana Avião, residente na região europeia de Benelux foi coroada em Luanda, a mulher mais linda de Angola em 2018, sucedendo no trono Lauriela Martins. Como primeira dama de honor foi eleita Núria Nunes, candidata do Cuanza-Norte. Indira Cândido, do Cunene, foi eleita segunda dama de honor.

Lesliana1

O mundo do showbiz em Angola sem polémicas de cortar o fôlego e mexer com as partilhas tornou-se quase impossível, e 2018 foi igualmente fértil tal como no ano anterior.

Flor de Raiz deu o pontapé de saída ao simular o seu próprio rapto e agitou as redes sociais durante o mês de Março, tendo sido detida pela Polícia Nacional, por ter forjado o próprio rapto, pelo qual exigia o pagamento de um resgate de dois milhões de Kwanzas, de acordo com uma informação divulgada na altura pelas autoridades angolanas. A cantora, uma popular kudurista, foi detida numa sexta-feira, em Luanda, pelos agentes do Serviço de Investigação Criminal (SIC), e, para a sua soltura, a família da kudurista pagou um milhão de Kwanzas correspondente à caução.

Kelly silva e Beatriz costa

Kelly Silva brilhou com “5 minutos” em 2017 e 2018 voltou a brilhar rápido, rápido por ter “enganado” uma brasileira para não pagar a sua estadia na terra do samba. O cantor envolveu-se “amorosamente” com a brasileira Beatriz Costa, que afirmou ter sido enganada pelo cantor, que a usou para alcançar determinadas metas na sua carreira musical.

Depois de ouvir Beatriz Costa, o PLATINALINE entrou em contacto com Kelly Silva para ouvir a sua versão. O músico contou que conhece a jovem, assumiu ter havido um caso, mas que não deu para seguir adiante e decidiu contar-lhe que tem uma relação em Angola, porém também descobriu que Bela, como o cantor a trata, tem uma outra relação, e que nem no exemplo seria capaz de deixar a sua relação para ficar com Bela.

Nem um exemplo também foi capaz de explicar ou descrever a dor que os angolanos sentiram quando Kotingo sofreu o grave acidente de viação que lhe causou a amputação do braço esquerdo. Foi um momento em que Angola se uniu para estar como o humorista e, graças Deus, o artista regressou em grande e agora faz piada com a sua própria “desgraça”.

O ano também foi polémico e menos bom a nível de críticas causadas pelas saídas de Bruna de Sousa, Florinda Miranda, Yara Mosquito e, no final, Hélio Taveira do canal Zap Viva.

O músico angolano Fernando Lucas da Silva “Robertinho” cumpre, desde o mês de Setembro, a medida de coação de prisão domiciliar, após estar detido preventivamente no Hospital Prisão de São Paulo, em Luanda.

Com esta medida, prevista na Lei/25 de 18 de Setembro – Lei das Medidas Cautelares em Processo Penal, Robertinho fica, desta forma, proibido de sair da sua residência até ser julgado. O artista, detido desde Maio por suposto envolvimento em tráfico de droga, nega o seu envolvimento num caso que remonta para Novembro de 2017, data em que Robertinho, quando regressava de uma actividade cultural no Brasil, se fazia acompanhar de duas malas, uma das quais com nove quilogramas de cocaína supostamente entregue por um desconhecido no aeroporto, em Brasil.

Jéssica Pitbull, uma das mais polémicas vozes femininas do kuduro, conhecida pela sua forma da actuar, com muita energia, actuou no Clé Fest, organizado para celebrar o 1.º aniversário da produtora Clé Entertainment, que decorreu no pátio da Cidadela Desportiva, em Luanda.

De legging verde, casaco rosa, peruca loira e acompanhada por duas bailarinas, a cantora subiu ao palco do festival, que reuniu dezenas de jovens artistas angolanos e moçambicanos, para interpretar quatro músicas. Porém, a sua actuação ficou marcada por um incidente que surpreendeu a toda a gente: perdeu a peruca após ter feito uma cambalhota, mas apanhou rapidamente a peruca e tentou reverter o momento, chegando ao ponto de atirar a própria peruca para perto do DJ, que a escondeu, e concluiu a actuação de tranças de linha.

Se pensa que terminaram as polémicas, engana-se! Neide Sofia, depois de várias idas e vindas com o seu namorado, terminou de forma assumida com o moçambicano Guy. O ano de 2018 também ficou marcado por ser o ano em que Dabeleza usou a Internet e suposta prosperidade milionária e ofereceu dinheiro a todo mundo, comprou todo tipo de móveis e imóveis. Foi um ano divertido para Dabeleza!

Não se fala em polémica sem falar de alguns excessos de Preto Show que pediu desculpas pelo uso incorrecto do património da TAAG. E vale aqui agora lembrar que zangam-se as comadres e descobrem-se as verdades. Zamira e Beatriz Franck decidiram resolver todas desavenças e lavar toda a roupa suja na Internet, e o resultado foi de chamarem uma de feia e outra de ladra. Foi pesado acompanhar a história! Em 2018 ainda houve tempo para se registar a prisão de Larama por cinco meses por crime de danos e culpa grave ao conduzir bêbado, e a confissão de Kueno Aionda que disse ser toxicodependente.

Já ouviu falar de Tolgahan Sayisman?! Não! E Yigit Khozan?! Esse aí é conhecido, o actor veio a Angola e deixou todas as mulheres loucas e os homens “chateados”. Mais do que palavras, são as imagens de Rosa de Sousa, repórter do PLATINALINE, para confirmar que o cara estava com a bola toda, como se diz.

E Pais igualmente rendeu-se ao talento de Rodrigo Faro, que amou estar em Angola, foi recebido como estrela mundial na praça dos congoleses e ainda aprendeu alguns toques com a nossa apresentadora.

Matias Damásio esteve envolvido em várias polémicas em 2018, com destaque para o fim da rivalidade entre si e Yuri da Cunha. E até acusação de práticas de exorcismo com o pequeno Mário Kamate, mas não foi mais demolidor! Nada dividiu mais família e a opinião pública do que o facto de Matias Damásio ter sido afectado psicologicamente pelo apresentador Salu Gonçalves e não comparecer em dois de três shows agendado pela Nova Energia no Show do Mês.

matias3

Platinados, esse disco riscou e vamos mudar de disco, abordando onde mais se reclama da crise, patrocínios e falta de divisas para se fazer as coisas, estamos falar da música, onde tudo falta para se fazer CD, shows, videoclipes e outros elementos essenciais para uma boa música.

Música é arte, é algo mais fiável que as pessoas usam para exprimir os seus sentimentos. Para muitos cantores, encaram essa arte como a própria vida e, para outros, é um passatempo. O número de novos talentos da música angolana cresce a cada dia e para músicos revelação destacam-se os jovens: Rui Orlando, Gerilson Insrael e Nilda Catumbela, sem esquecer o criador de “Volta só já”, Cláudio Fênix e o Grupo de Rap Mobbers que venderam o seu CD, lotaram recintos e fizeram furor nas redes sociais.

Na música angolana de uma maneira geral, o ano foi do cantor Matias Damásio, que ficou marcado com conquistas e glórias para o cantor da Arca Velha. Apesar das polémicas em que esteve envolvido, MD conquistou o Altice Arena, realizou uma tour pelo país durante três meses, vários concertos esgotados e abarrotados e lançou vários sucessos que tocam em todas as rádios locais e em Portugal, e tem a agenda preenchida para 2019. Kyaku Kiadafi destacou-se por vencer o Top dos Mais queridos, venceu nos premio nos estados unidos da America como melhor lusófono, lotou o CCB e teve um ano incrível ao ser convidado pela ministra da cultura a escrever uma musica sobre o patrimônio da humanidade Banza Congo

Os Angola Music Awards (AMA) 2018 celebraram, no mês de Junho, o trabalho dos melhores artistas angolanos, naquela que se destaca como a gala cultural mais importante do país. Com o objectivo da valorizar a música de Angola, assim como homenagear os seus criadores e intérpretes, os AMA tiveram lugar no Pavilhão Multiusos do Kilamba, em Luanda.

Quem também teve um bom ano foi a editora LS Republicano, que apresentou o projecto Team de Sonho Vol. III e realizou diversos shows pelo país, lotou diversos recintos e levou a bandeira de Angola a Moçambique num show memorável e ainda lançou o terceiro volume da marca Team de Sonho e conquistou um feito inédito juntando Nagrelha e Puto Prata no hit ʽWamonaʼ, depois de longos anos de desavença.

Preto Show, artista da Clé, teve um ano fantástico e diversas músicas a tocarem e a fazerem sucesso, cujo ápice foi a música com seu amigo Fabious “Sacanagem”, que marcou 2018 e originou o lançamento do álbum Clepatia.

Apesar do momento que o país está a viver, a música angolana não ficou parada. Mesmo com um rendimento baixo e com a desvalorização do Kwanza, os artistas não decepcionaram os seus fãs e admiradores, prova disso é que alguns artistas fizeram lançamento das suas obras discográficas, nomeadamente:

NGA- Filhos da Ruas II;

Team de Sonho Vol. 3- Vários artistas;

Mobbers – Sob Pressão;

MCK- Valores;

Liriany- Menina Mulher;

Landrick- Zolana;

Dream Boyz- Segredos;

Livongh- Kizomba na Passada;

E não se podia terminar sem falar dos Globos de Ouro, troféus atribuídos anualmente, numa organização conjunta da STEP e do PLATINALINE, que contará também com a “Academia Globos de Ouro Angola”, cujos integrantes são um grupo de personalidades e profissionais convidados, especializados e reconhecidos nas áreas a premiar, que farão parte do evento na qualidade de membros consultores de nomeação e júri. Este ano, o evento foi um sucesso, teve diversos vencedores e assume-se como uma das grandes atracções a se ter em conta em 2019.

Platinados, chegou-se ao fim de mais uma retrospectiva! O PLATINALINE aguarda com bastante ansiedade pelo ano de 2019, na esperança de que ele traga novos desafios, boa música e mais novidades relacionadas com as celebridades nacionais, para que no seu fim, possa proporcionar a todos os Platinados ainda mais notícias e mais músicas com o lançamento da Rádio Platina, na 96.8 FM. “Kandando a todos!”

comentários facebook