TERCEIRA PROVA DO 6º CIRCUITO NACIONAL DE BTT SUPERA ESPECTATIVAS

TERCEIRA PROVA DO 6º CIRCUITO NACIONAL DE BTT SUPERA ESPECTATIVAS

COMPARTILHE
A A A

Aconteceu neste fim de semana, Domingo, 7 de Julho, a terceira prova do 6ª Circuito Nacional de BTT, uma organização da AllStars Angola. Esta prova, realizada em Catete-Quiminha, província do Bengo, contou com a participação de 110 atletas, de 19 nacionalidades, e teve como grande vencedor, Rafael Moura.

Para Gonçalo Anacoreta, responsável da organização, “foi uma grande prova, superou a nossa espectativa e tivemos um feedback muito positivo dos participantes, que consideraram esta como a melhor prova de todos os tempos, pois para além do desafio desportivo da distância a percorrer, os atletas da prova rainha, tiveram um desafio adicional que incluía percurso de navegação por GPS. É muito gratificante para nós, pois sentimos que estamos a trabalhar melhor e a contribuir para o crescimento da modalidade no país”.

Rafael Moura, atleta Português, foi o grande vencedor da prova rainha, Maratona, de uma volta de 75Km, que a percorreu em 3h21min, seguido por Euclides Chingui com o mesmo tempo, e em terceiro lugar ficou o Brasileiro, Matheus Silva, em 3h22min.

Na meia maratona, de 49km, Kiambote Yavanga e João André, ficaram em primeiro lugar com o mesmo tempo, 2h13min28seg, tendo o atleta Óscar Sanjurio, ficado em terceiro lugar com um minuto a mais.

Enquanto que na prova feminina, de 38km, venceu, mais uma vez, a atleta Elsa Freire com 2h12min41seg, seguida por Allison Whitehead Pledger e Megan Brechet-Amamou, em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

A próxima prova está agendada para o dia 28 de Julho, em Balacende, província do Bengo, e trata-se da 4ª prova do 6º Circuito Angolano de BTT.

Sobre o BTT em Angola
Os primeiros passos de provas organizadas de BTT em Angola foram dados em 2014. Nesse ano, a ALLSTARS organizou duas provas: Barra do Kwanza e Funda e contou com 50 participantes.
Em 2015, o desafio foi elevar a fasquia e chegar aos 100 participantes numa só prova, meta essa que foi alcançada.
Em 2016, participaram mais de 160 participantes numa prova, sendo que mais de 250 atletas de pelo menos, 20 nacionalidades participaram nas diferentes provas do 3º BTT ALLSTARS XXL 2016.
Em 2017, e apesar da crise vivida em Angola, o número de participantes não diminui, tendo os organizadores atingido um novo máximo, com mais de 170 participantes inscritos numa só prova.
Em 2018, a organização deu continuidade a este movimento, tendo aumentado o número de ciclistas e amantes da modalidade e organizado uma prova de dois dias seguidos fora de Luanda. Os eventos realizados na edição de 2018 foram os seguintes: Prova de resistência urbana nocturna, em Abril; 5º Circuito Angolano de XCM, entre Maio e Outubro; e Campeonato de XCO e de XCM, em Setembro.

comentários facebook