Vanda Freire: “Não pensávamos que havia tanta jovem com cancro, mas há”

Vanda Freire: “Não pensávamos que havia tanta jovem com cancro, mas há”

COMPARTILHE
A A A

Por: Stella Cortêz

Fotos: Armando Teodoro

Para encerrar o mês da mulher em grande, a Fundação da Mulher Contra o Cancro da Mama realizou um encontro com as mulheres dos diversos sectores da sociedade, certame que decorreu na noite de quarta-feira, 21 de Março, no Condomínio Mangueiras, no Morro Bento.

Vanda Freire, presidente da referida fundação, fez saber que o evento vem simbolizar o mês da mulher, bem como as várias actividades organizadas durante o mês de Março. “Estamos no mês da mulher e queremos homenagear o nosso mês. Esse evento surge mais na ideia de juntar as mulheres e amigas com o intuito específico de dizer que estamos aqui e que a Fundação da Mulher Contra o Cancro da Mama também está presente. Em suma, é para dizer que o mês de Março está a chegar ao fim,” disse.

A presidente continuou ao dizer que o trabalho desenvolvido em parceria com o Hospital Geral de Luanda segue a bom ritmo e em média são atendidas mais de 20 a 22 pessoas por dia, foi solicitado mais um dia para a realização das actividades e o projecto continuará a ser desenvolvido na ânsia de ajudar as mulheres.

Questionada sobre a estimativa do índice de mulheres com Cancro da Mama, Vanda respondeu: “É muito mais alto do que estávamos a pensar, sobretudo nas jovens. Estamos estagnados, porque não pensávamos que havia tanta jovem com cancro, mas há.”

comentários facebook