Em véspera de São Valentim, Guilherme Mampuya apresenta a exposição “Arco-íris”

Em véspera de São Valentim, Guilherme Mampuya apresenta a exposição “Arco-íris”

COMPARTILHE
A A A

Por: Stella Cortêz

Com um percurso artístico marcado por várias exposições individuais e colectivas dentro e fora de Angola, Guilherme Mampuya vai, na noite desta quinta-feira (13), inaugurar a mostra composta por aproximadamente 17 quadros, duas pinturas e uma mini-escultura, no Centro Cultural Português, em Luanda.

Ao PLATINALINE, o artista plástico fez saber que a exibição tem como objectivo subjugar os citadinos ao fenómeno “Arco-íris” e fazê-los perceber o que pode representar em suas vidas.

“Arco-íris porque depois de uma chuva e os seus fins, este fenómeno é motivo de alegria e tristeza para outros, ou seja, a vida representa dois lados, o bom e o mau. Então, nesta exposição, tentei explorar quase tudo, mas com o intuito de levar as pessoas à reflexão”, disse.

Embora a correria e preparativos para a abertura da exposição, Guilherme confidencializou que, para este dia 14 de Fevereiro, dia dedicado aos corações apaixonados, a celebração será feita de forma pacífica, acompanhada de um presente especial.

“Tenho dedicado muito tempo à esta exposição. Para mim, o dia dos namorados são todos os dias, e acho que esta data é mais um simbolismo. Contudo, tento me dedicar e me apaixonar todos e os dias”, concluiu.

comentários facebook