Vice-PR de Angola, Bornito de Sousa: “É necessário perspectivar o surgimento de...

Vice-PR de Angola, Bornito de Sousa: “É necessário perspectivar o surgimento de outros autores no mercado das TICs”

COMPARTILHE
A A A

Durante o discurso de abertura oficial do fórum ANGOTIC 2019, o Vice-Presidente da República de Angola, Bornito de Sousa abordou a necessidade de se impulsionar novos contribuintes nas áreas das TICs, no país.

O Vice-Presidente encorajou as iniciativas dos jovens empreendedores e das pequenas Startups, que abraçaram a recomendação do anterior fórum e que estão a desenvolver soluções disruptivas merecedoras de prémios nacionais e internacionais, e citou alguns exemplos: A Tupuca, Appy Saúde, Kandengues Cientistas, Acelera e Platina Line, entre outros não menos relevantes, sendo importante continuar a apoiar os jovens que queiram entrar no mercado das TICs.

Bornito de Sousa reconheceu que as Tecnologias de Informação e Comunicação abriram novas janelas de oportunidades para os países africanos acelerarem o seu crescimento e desenvolvimento económico, e o seu uso intensivo pode trazer vantagens sem precedentes ao continente em geral.

“A oferta dos serviços TICs a todos os cidadãos e a integração de redes com qualidade e a preços acessíveis devem ser uma preocupação permanente do sector em África”, disse o Vice-Presidente da República, saudando os esforços de desenvolvimento das indústrias das TICs em Angola e no continente Africano, em benefício dos nosso povos, empresas e sociedade em geral.

Em jeito a culminar e pronto a declarar aberto o fórum ANGOTIC 2019, Bornito de Sousa disse que acredita que este fórum, com a diversidade e pertinência dos seus painéis temáticos e ainda, a presença de eminentes entidades e de reputados especialistas, vai contribuir e tanto para aprofundar a discussão sobre as Tecnologias de Informação e Comunicação em Angola, em África e no mundo.

comentários facebook