Website do CAN 2017 foi atacado por hackers em protestos contra o...

Website do CAN 2017 foi atacado por hackers em protestos contra o presidente Ali Bongo

COMPARTILHE
A A A

Por: Stella Cortêz

O website do CAN 2017, que está a decorrer no Gabão, foi atacado por Hackers russos em protestos contra o presidente gabonês, Ali Bongo, facto que muita gente não esperava e que passou despercebido.

Um grupo denominado “New World Hackers” tirou do ar o site do principal torneio de futebol do continente Africano tendo-se constatado que, realmente, o site esteve fora do ar durante algum tempo, segundo o email enviado a uma agência noticiosa, que explicava o seguinte: “Fizemos em protesto contra o Gabão. A Taça das Nações está a decorrer num país onde o ditador Ali Bongo está a matar inocentes”.

Importa referir que os quarto- de-final começam no sábado (28), onde a equipa do Burkina Faso joga frente à Tunísia, a partir das 19 horas.

comentários facebook