Angolano José Bernardo torna-se PhD aos 27 anos

0
1006

Por: Sérgio Flávio

O jovem angolano José António Bernardo, de 27 anos de idade, tornou-se PhD,ao defender no passado dia 25 de Março,a sua tese de doutoramento pelo Instituto de Ciências Analíticas (ISA Lyon), da Universidade de Lyon, França, Claud Bernard.

O trabalho foi subordinado ao tema “Proposta de um novo método de optimização de microcaptores implantável para o diagnóstico precoce de doenças neurodegenerativas como Alzheimer”, cujo projecto pode ser aplicado no sector da saúde, nas indústrias e ainda nas tecnologias de comunicação.

O projecto no qual o jovem angolano trabalhou durante três anos, é um tema multidiciplinar, no qual cada capítulo corresponderia a um tema de tese de doutoramento, nomeadamente “noções sobre doença da Alzheimer e seus métodos de diagnóstico, método de simulações de sistemas complexos, desenvolvimento de plataformas de modelização de sistemas, inteligência artificial, fabricação e caracterização de sistemas”, visto a complexidade do projecto multidisciplinar.

José António Bernardo contou ao Platinaline que tenciona contribuir nos sectores da saúde, indústria e, principalmente, na educação, visto que é mestre em física aplicada em nanotecnologias e domínio da engenharia.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments