- Publicidade -

More

    António Etona aponta James Whistler e Pablo Picasso como suas principais referências nas artes plásticas

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Em entrevista concedida recentemente ao PLATINALINE, onde foi questionado sobre quem são as maiores inspirações do pintor, António Etona apontou os saudosos pintores James McNeill Whistler e Pablo Picasso como as suas principais referências no mundo das artes plásticas.

    O artista fez saber que os referidos pintores fazem parte da lista dos seus inspiradores na área, devido ao contributo positivo que deram para o crescimento da profissão a nível mundial, embora cada um o tenha feito conforme os próprios princípios morais.

    “As minhas principais referências são; Whistler, um dos grandes referenciados que admiro, porque ele matava os artistas que fossem surrealistas, porque ele só queria ver artistas que pintassem o realismo clássico, e quando lhe deturpassem a mente esses artistas eram mortos. O Picasso é uma pessoa que admiro, porque promoveu também as artes e fez reconhecer que o negro também pensava, porque vem buscar alguns artefactos africanos em que ele traz no discurso, aquilo que é a dialéctica da filosofia a nível do mercado internacional”, salientou.

    Por: Luizão Cabulo

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Governo  pode regular horários de venda e consumo de bebidas alcoólicas

    Angola poderá implementar ainda este ano um período específico para a venda e consumo de bebidas alcoólicas em todo o território nacional. A proposta...

    Maior feira de livros flutuante do mundo chega a Luanda

    A Logos Hope, a maior feira de livros flutuante do mundo, está chegando a Luanda, Angola, pela primeira vez na história da Logos Hope....

    Maior feira de livros flutuante do mundo chega a Luanda

    A Logos Hope, a maior feira de livros flutuante do mundo, está chegando a Luanda, Angola, pela primeira vez na história da Logos Hope....

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto